.
.

sexta-feira, 2 de janeiro de 2009

MENSAGEM DE ANO NOVO




Exmo. Sr. Presidente da CMMG,
Exmo. Sr. Presidente da Assembleia Municipal,
Exmos. Srs. Vereadores com Pelouro,
Exmos. Srs. Vereadores sem Pelouro,
Exmos Srs. Deputados Municipais,
Exmos. Srs. Presidentes de Junta,
Exmos. Srs. Presidentes das Assembleias de Freguesia,
Exmos. Srs. Membros das Assembleias de Freguesia,
Exmas. Autoridades Civis, Militares e Religiosas,
Exmos. Responsáveis Partidários Locais,
Exmas. Representantes das Colectividades, Associações e Clubes,
Exmos. Representantes das Forças Vivas e das Forças Mortas,
Exma. Comunicação Social Local,
Exmos. Comerciantes do Centro Histórico e do Mercado Abarracado,
Exmos. Representantes do restante Tecido Económico,
Minhas Senhoras e Meus Senhores,
Meninos e Meninas,
Caríssimos Calhandreiros, em particular:

ao iniciar mais um ano, coincidente com o terceiro aniversário deste vosso humilde mas asseadinho Largo, não poderíamos deixar de saudar todos os marinhenses, com excepção dos que não gostam de o ser, e de desejar que, mais do que nunca, todos contribuam de forma activa, positiva, empenhada e inteligente para o engrandecimento e desenvolvimento da nosso estimado concelho.
Mas em ano de múltiplas eleições e em tempos de grave crise social, económica, política, de solidariedade, de valores, de respeito, esta mensagem é sobretudo dirigida a todos os que têm o poder. Não o poder político nem o poder económico. Esta mensagem é dirigida a todos os cidadãos que têm o poder do voto!
Mais do que nunca a qualidade da democracia, o progresso e o desenvolvimento dependem de nós! Da nossa capacidade de exigir e reivindicar que os partidos apresentem os melhores candidatos, os melhores programas, e de que de uma vez por todas assumam as suas responsabilidades ao serviço da causa pública, depende em grande medida o nosso futuro! É importante ter sempre presente que o que teremos nunca será seguramente mais do que aquilo que exigir-mos enquanto cidadãos livres e responsáveis.
É por isso com redobrado ânimo que vos saudamos a todos, certos de que os erros do passado não serão de novo cometidos, que as meras disputas politiqueiras determinadas pelas tácticas partidárias darão lugar a uma convergência de esforços para decidir sempre o melhor, que os responsáveis serão escolhidos entre os mais bem preparados, que a discussão se fará em torno das questões determinantes e de forma dignificante, que o respeito por todos nós será a pedra de toque da acção politica e de que o nosso Largo aqui estará, para o bem e para o mal, a dizer coisas: umas com jeito e outras nem por isso.
BOM ANO NOVO!
.

5 comentários:

Anacrónico disse...

Diz este magnífico texto postado pela Comissão de Moradores do nosso Largo: "É por isso com redobrado ânimo que vos saudamos a todos, certos de que os erros do passado não serão de novo cometidos, que as meras disputas politiqueiras determinadas pelas tácticas partidárias darão lugar a uma convergência de esforços para decidir sempre o melhor, que os responsáveis serão escolhidos entre os mais bem preparados, que a discussão se fará em torno das questões determinantes e de forma dignificante, que o respeito por todos nós será a pedra de toque da acção politica"...
Como gostaria eu (diria melhor, todos nós!)que estas palavras fossem aplicáveis à nossa realidade política!
Mas, infelizmente para a nossa terra e para nós, estes desejos jamais serão concretizados, sobretudo nesta Marinha Grande de clivagens políticas e de entrincheiramentos pseudo ideológicos que mais fazem lembrar disputas israelo-palestinianas!

Porque o que afirmo é, infelizmente, a realidade com que teremos de viver, mais se justifica a existência de um Largo das Calhandreiras activo e muito vigilante, vergastando à 'esquerda' e à 'direita', sempre que se chegar à conclusão que os nossos políticos de pacotilha o merecem ou metem o ‘pé na poça’...
Sim, o poder é nosso na hora de por o voto, mas o pior é que nos faltam verdadeiramente opções por onde escolher!!!!!

Anónimo disse...

Para o Anacrónico :

Concordo plenamente com o que escreveu. Só não estou em sintonia com o que disse na ultima frase ao afirmar que nos faltam verdadeiras opções por onde escolher.
Não acha que desta vez o PSD está a apresentar um candidato independente altura ? sério,honesto,trabalhador q.se licenciou em Direito como trabalhador estudante !...

Anónimo disse...

Só não sabe - quem não quer!!!
Na realidade o PSD da Marinha Grande aposta forte nas Autárquicas de 2009 - os Marinhenses podem agora escolher um NOVO RUMO!!!
Tanto se tem falado de Independentes - ai está a forte oportunidade de colocar na Presidencia da Autarquica Marinhense um homem independente, sério, bom profissional, bom orientador de homens, de fácil trato, dialogante, com visão de futuro e que aceitou trabalhar para a Terra que o viu crescer como Homem.

Anónimo disse...

O PSD da Marinha Grande está a fazer o que fez á 4 anos atrás, agora escondem-se atrás de um independente, também fazem parte da desgraça! O vosso ainda vereador foi usado. Blá, Blá, Blá Blá, Blá e mais Blá, Blá!

Anónimo disse...

Oh sr anónimo das 3,22pm porque não se actualiza? Então não sabe que o Sr Artur já entregou o cartão à Comissão Politica Distrital? Sabe que ele esta no Governo Local como independente? Não vá atras da conversa dos Srs do PS, porque quando falam em coligação PCP/PSD estão desfazados totalmente da realidade ou então não sabem o significado de Coligação, mas se for preciso faço um desenho...