.
.

sexta-feira, 19 de outubro de 2007

E agora camaradas?

Barros Duarte volta para cumprir mandato


Vai regressar à Câmara da Marinha Grande? “Sim, volto”. Para trabalhar? “Sim”. Foi desta forma lacónica, quase de fugida, que um simpático mas visivelmente abatido Barros Duarte respondeu ao REGIÃO DE LEIRIA, de roupão, à porta de sua casa em São Pedro de Moel.


Dentro de 30 dias regressa à Câmara? “Sim, volto”. Para trabalhar? “Sim”. Foi desta forma lacónica, quase de fugida, que um simpático, mas visivelmente abatido Barros Duarte respondeu ao REGIÃO DE LEIRIA, de roupão, à porta de sua casa em São Pedro de Moel.
“Estou doente, não me façam perguntas que eu me sentirei mal se não responder”, disse o presidente da Câmara da Marinha Grande, procurando evitar responder a qualquer questão sobre o actual momento político no concelho e que se centra na eventual renúncia do seu mandato.
Poucos dias depois de o PCP ter anunciado a saída do actual presidente de Câmara, num momento em que Barros Duarte estava de férias e ausente da conferência de imprensa que serviu para anunciar a “novidade”, o autarca refugiou-se em São Pedro de Moel, encontrando-se de baixa médica.
Na manhã de terça-feira, o presidente da Câmara rompeu o “ruidoso” silêncio a que se remeteu para dizer que… não falava, mas já no final revelou que, após a baixa médica, tenciona voltar à autarquia para continuar o seu trabalho. E mais não disse.
A fazer fé nas palavras de Barros Duarte, apesar dos dirigentes acreditarem na renúncia, o PCP fica na mesma: anunciou a saída do presidente e a sua substituição pelo vice-presidente, Alberto Cascalho, o que não se verificou, e tem a oposição à perna, a pedir eleições intercalares.
Dentro do executivo, Barros Duarte parece isolado, contando apenas com o apoio de Artur Oliveira, vereador do PSD, mas não dos seus camaradas, enquanto o PS já só tem olhos para as próximas eleições.


(surripiado do Região de Leiria)

11 comentários:

Anónimo disse...

E porque é que ele se sente na obrigação de voltar?
Zézé, ainda esperamos sangue...

Anónimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
Anónimo disse...

Que crédito têm essas afirmações? o homem não sabe o que diz!

Pirolito (com pouco gás!) disse...

Ó sôr anónimo... presumindo que se refere ao João, deixe-me desabafar: então agora o homem não sabe o que diz?!
Esta sua afirmação é porque o acha senil ou resulta de alguma (encapotada) técnica aprendida na época 'bresnieviana' em que se davam as pessoas como doidas ou se mandavam para um qualquer dos muitos Gulags que por aquelas paragens haviam?
Os meus votos vão para que o João arribe e tenha a coragem de fazer a cabeça à turma que quer agora fazer a dele... essa seria d'homem!

Se se refere ao Osvaldo Gasto, tenha lá paciência mas discordo de si em absoluto. O homem sabe muito bem o que diz, e mais, di-lo com a propriedade de quem conhece a coisa por dentro e pela vivência de muitos anos!

ExCura Araújo disse...

No que isto já vai...
Ora bem... recordando o que já tive ocasião de dizer:
1) eleições antecipadas significarão um apressar das máquinas partidárias para as candidaturas e «cadelas apressadas, parem cachorros cegos», ou seja, não haverá tempo para escolher e preparar as pessoas mais indicadas para se encontrarem as melhores soluções para os problemas que o Concelho enfrenta.
2) JBD voltar, seria de facto de Homem. E seria de uma enorme importância para 'ensinar' aos Partidos o verdadeiro significado da Democracia. Mas, ao mesmo tempo, concordo que esta atitude vai provocar uma reacção em bloco dos vereadores do PCP e por arrasto do PS, provocando as eleições intercalares.
3) é notório que tudo quanto tem acontecido,nestes ultimos dias (particularmente esta 'fuga de informação') é uma 'campanha' bem organizada para conduzir à queda do Executivo e consequentemente às eleições antecipadas que todos (PCP e PS particularmente) tanto desejam nesta hora.
4) é notório assim também que não interessa a nenhum dos Partidos do Poder na Marinha Grande (PCP e PS) dar tempo e espaço para que outras alternativas (Movimento de Cidadãos Independentes) se preparem para futuras eleições (porque sabem que um Movimento assim teria - e tem - todas as condições para ser vencedor!)
4) Seja qual for o resultado desta 'trágicomédia' política, há algo que é irreversível: os danos políticos e sociais que esta crise já trouxe ao Concelho e que apenas agrava a já de si precária realidade marinhense.

RTP disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
Anónimo disse...

Movimento Independente... independente de quê?
Volta Alvaro Orfão... estás perdoado por muitos.

Anónimo disse...

Lá está o Sr.Cura e os seus bitaites!!

metralha disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
Anónimo disse...

Ora aí está um camarada revolucionário que viu muitos filmes de cowboys quando era criança e ficou com o trauma dos tirinhos.
A referência aos abutres também deve ter a ver com essa memórias, ou então fugiu-lhe a boca para a verdade e está-se a referiar àqueles que se estão a atirar ao JBD, camaradas encartados, é bom de ver, empurrando-o da cadeira, sem lhe dar oportunidade de ele arrancar o braço da dita e partir o braço a algum.(onde é que eu já ouvi isto?)

um gajo qq disse...

Onde está o Sr. Administrador deste forum que retira posts quando são assinados e, pelos vistos, inconvenientes à "linha editorial" deste blog e depois permite que a maior brejeirice que faria corar Gil Vicente no seu melhor continue agradavelmente no FLC?????