.
.

segunda-feira, 29 de outubro de 2007

A TESE OFICIAL

A tese oficial do PCP é a de que JBD se teria comprometido a deixar a autarquia a meio do mandato e que agora estaria a “roer a corda”. Haveria por isso um acordo anterior às eleições. Isto foi dito pelo funcionário do partido que conduziu a famosa conferência de imprensa da renúncia e de “apresentação” do novo presidente e do novo vereador, isto mesmo veio ontem dizer Jerónimo de Sousa que utilizou um discurso cauteloso, evitando claramente o extremar de posições até que seja conhecida a posição definitiva de JBD. O PCP deseja assim que JBD renuncie de forma a manter a câmara uma vez que, como tem sido afirmado, considera ter condições políticas para isso embora esta seja também uma manifestação inequívoca de que reconhece, implicitamente, que não tem condições para ir a eleições neste momento.
Mas voltemos à tese oficial, dando de barato que a mesma é verdadeira (embora já se tenha ouvido do Presidente da Assembleia Municipal a versão de que JBD estaria cansado e de que ele próprio teria pedido para sair). Então pergunta-se a Jerónimo de Sousa, tão preocupado em defender que os compromissos são para serem cumpridos, falando da actuação do seu partido com uma superioridade moral que o distingue de comparações com outros, no que à defesa dos princípios e da dignidade dizem respeito, se é legitimo que o PCP se tenha apresentado ao eleitorado ocultando que o seu cabeça de lista tinha um contrato a termo, um vinculo precário com os seus eleitores?
Ao defender a “boa tese”, a tese do JBD incumpridor (para alguns, "traidor"), Jerónimo não só veio dar razão ao eleitorado que se sente enganado, como veio confirmar que o PCP é um partido de falsos moralismos, um partido que afasta militantes por incumprimento de acordos, mas que não tem qualquer pejo em mentir descaradamente aos eleitores quando apresenta a sufrágio uma lista em que o número um é o isco e o número dois é uma primeira escolha derrotada à partida.

21 comentários:

Anónimo disse...

Devo informar que na dita conferência de imprensa não foi referido que o acordo foi pré eleitoral, pois isso não corresponde à verdade. É mais uma do estilo da idade de João Barros Duarte, que por sinal também não foi referida na dita cuja.
Fica o esclarecimento para os interessados.

Anónimo disse...

Retirado do blog do Sr. João PP

Ai que medo que eu tenho!

Se houve um momento, durante este mandato, em que tive a forte convicção de que os votos dos vereadores do PS valeram para alguma coisa foi, justamente, na passada quinta-feira. De facto, os vereadores do PS utilizaram as prerrogativas que têm para bloquear (sim sr vereador Alberto Cascalho, foi esse mesmo o objectivo) uma votação no executivo camarário. A actual e esfrangalhada maioria, sem legitimidade e sem nenhumas condições políticas válidas, quis aprovar um concurso para comprar tendas para o chamado mercado provisório que poderiam ficar à volta de 50 mil contos. Os vereadores do PS recusaram-se a votar esta proposta e a câmara ficou sem quorum para a respectiva votação. Com esta atitude, pelo menos por alguns dias, ou não, impediu-se a persistência nesta loucura. Não contentes com isso, a maioria esfrangalhada PCP/PSD voltou a agendar o mesmo assunto para a próxima reunião e, de caminho, mandaram chamar os vendedores das tendas para assistirem à votação "para verem quem está do lado deles". Dada a natureza da coligação PCP e PSD fiquei sem saber de que lado vêm as forças, de Jaime Neves ou do COPCON ?

A FORÇA DE BLOQUEIO DO PS NÃO SÓ SE RECUSA A VOTAR COMO ACHA MUITO BEM RETIRAR O QUORUM A CÂMARA.
E DIGAM LÁ... TB RECUSARAM RECEBER AS SENHAS DE PRESENÇA?

Anónimo disse...

ò amigo ora desculpe lá a pergunta mas a camara não é na sua maioria comunista e não foi ganha pelo partido comunista?, é que quem ler o que escreveu pode pensar que quem governa a camara é o PS, a história das tendas só não é aprovada pq o PCP conseguiu esfrangalhar o executivo e espalhar ao Deus dará os votos dos eleitores numa clara falta de respeito pelo valor da Democracia.
O PS foi executivo tinha a culpa de tudo o que se passava na camara, o PS é oposição têm culpa de tudo o que se passa na camara, o PS não quer votar tb têm culpa, então e a CDU quando é que começa a assumir as suas responsabilidades e culpas, desculpem o desabafo mas PORRA mais a conversa dos culpados são sempre os outros.

Acintoso disse...

Claro, claro, a culpa não deve (não pode) morrer solteira e, por isso mesmo, há que atirá-la para quem tem as costas largas. O PS, claro está!
Era o que faltava, nós os bons do PêCê sermos os culpados! Jamais. Os outros, os papões, é que o são?
Durante doze anos o PS governou e elevou o nome da Marinha Grande (?), pois é evidente que é o culpado, uma vez que o fez sem a intervenção do PC e, além disso teve a ousadia de o fazer remando contra a maré da sua oposição destrambelhada!
O PS não dá apoio nem cobertura a iniciativas loucas que só conduzem à ruína e ao afundamento do concelho (?), pois é culpado sim senhor, porque nós é que somos os bons e esses gajos não sabem ver isso!
Mas a final quando é que a malta do PC muda de atitude e de discurso? Francamente já começa a enjoar.

vieirense farto desta loucura disse...

Mas afinal o JBD renuncia ou não? Será que todos os habitantes deste estranho Concelho merecem uma palhaçada destas por muito mais tempo ? ... E, se por acaso tudo isto se eternizar, ninguém faz nada? Nem o Guerrilha, que para o bem e para o mal é a autoridade política maior do nosso Concelho? Estranha gente esta, estranhos empreendedores... será que ninguém tem coragem de dizer que o Rei vai nu ? Será que ainda ninguém sentiu que chegamos ao fundo ? Será que ainda ninguém concluiu que tudo isto é uma farsa enorme onde toda a gente é esquecida em nome de vaidadesparvas, egos fedorentos e incompetências maiores? Apetece-me, sinceramente escrever uma grande asneirola, mas tenho medo do Senhor administrador que não tolera gente mal educada e gostava de ler alguns bitaites inteligentes e/ou indignados.

Anónimo disse...

Uma vez que o vieirense farto não diz a asneira digo eu PORRA PARA ESTA MERDA, mas será que ninguem dá um murro na mesa e continuam a ser manipulados por este loucos, vamos é organizar uma manifestação contra esta gendo PCP a ver ser ao menos o jerónimo ganha consciencia da quantidade de asneiras e a prepotencia com que os PCP's locais tratam os seus eleitores, todos à praça Stephens ou será que o sindicato Vidreiro só apoia manifes quando são contra o PS isto é tudo uma grande vergonha

Anónimo disse...

Uma vez que o vieirense farto não diz a asneira digo eu PORRA PARA ESTA MERDA, mas será que ninguem dá um murro na mesa e continuam a ser manipulados por este loucos, vamos é organizar uma manifestação contra esta gendo PCP a ver ser ao menos o jerónimo ganha consciencia da quantidade de asneiras e a prepotencia com que os PCP's locais tratam os seus eleitores, todos à praça Stephens ou será que o sindicato Vidreiro só apoia manifes quando são contra o PS isto é tudo uma grande vergonha

indignado disse...

excelente ideia essa da manif. apoio totalmente. Queremos saber em que conta nos têm ????

Anónimo disse...

Força .... façam uma manifestação. Já agora levem as bandeirinhas com as "Rosas" ..... e peçam emprestadas ao PCP as bandeiras negras ..... Ah! Ah! Ah! Estão cada vez mais iguais ....

censurado disse...

Faz-me lembrar aquela manif em que o Soares foi cacetado e na Varanda Municipal estavam a ssistir impavidos e serenos o então Presidente Emílio Rato e um dos seus vereadores manel do Banco (PSD). eheheheh cada vez mais a história se repete !

Anónimo disse...

Boa ideia... vou já marcar lugar na Praça para assistir à manifestação.
Ass.
Gato Fedurolas

Anónimo disse...

Pois .... o problema (para os PC's) foi depois o SAPÃO que tiveram de engolir .... não tiveram a inteligência para perceber que foi aí o principio do fim ...

Cascalhão o que só arrisca quando pensa que já ganhou disse...

O grande problema deste concelho são os eternos cuscos. Os que gostam de ver, mas NUNCA aparecem. Ou melhor, só quando a vitória está completamente assegurada dão onome e a cara! Chama-se a isto arriscar.... eheheheh

Anónimo disse...

Alguém defendeu noutro Post a destruição do Teatro Stephens (deve ser do PS, com toda a certeza). Bom, que o façam só depois desta manifestação (gosto de assistir sossegado e estou a ver que a varanda da Câmara já tem muitos pretendentes).

Falando de coisas sérias .... alguém no seu perfeito juízo defende que se deite abaixo o Teatro Stephens ..... não é MARINHENSE, concerteza.

Anónimo disse...

Ó Cascalhão ... o nome para aqueles que muito bem definiste é ....................................................................................................................................................................................................................... Independentes.

censurado disse...

que isto é uma peça de teatro, já toda a gente sabe, agora a destruição do Teatro Stephens????? O que é que isso tem que ver com todo este drama? A não ser que tenham posto na gaveta o projecto do PS de recuperação do Teatro?
Esse paleio inócuo e sem sal de risinhos mansos e olhar suave é do Cascalho, o Lobo vestido de cordeiro....

Pirolito disse...

Vai bonita e animada a converseira!

Entre tanta gritaria
há alguma coisa certinha
mas a grande maioria
não vale nada... nadinha!

Essa então de deitarem o Stephens a baixo!... Mas lá que tudo aquilo precisa de uma volta como a que o diabo deu às cabras, lá isso precisa.
Assim como está é que não dignifica nada a cidade que, sendo embora pobrezinha, maltratada e espezinhada, merece mais e melhor!!
Que diabo, sempre é a capital do vidro!!!!!!!!!!!!!!

censurado disse...

mas que excelente bitaite este. Até parece do teatro amador do império dos anos 50...

Zé Fé 1917 Vieira disse...

e se acaso não gostar,
não diga nada a ninguém
meta o dedinho no cú
e veja se cheira bem!


eheheheheh

o bufas disse...

mas que raio vêem no teatro de especial??? aquela merda é um barracão... dava ali uns belos estacionamentos.

Anónimo disse...

Porque será que os nick names assentam tão bem aos seus autores. Quem, senão uma "BUFA", poderia dizer tamanha enormidade.
Aquele Teatro tem história. Tem memória e isso tem que ser preservado.
No entanto, isso não impede a sua requalificação, mantendo o essencial dos traços arquitetónicos da sua fachada, mas transformando-o num equipamento cultural moderno ao serviço da população.