.
.

quinta-feira, 25 de outubro de 2007

Revista de Imprensa

"Quem está a perder é a população"


Luís Guerra Marques, presidente da assembleia municipal, admite que "o caminho das eleições é um dos dois possíveis" e, caso seja essa a decisão, acredita que "a CDU volta a ganhar a Câmara".
Na sua opinião, se João Barros Duarte renunciar, como espera, "o partido tem condições para continuar a trabalhar. "Temos ouvido a população e estamos convencidos que se houver eleições as pessoas vão estar do nosso lado", disse, mostrando-se convicto de que "não restava outra alternativa ao partido que não fosse a retirada de confiança política".
"É preferível perder uma Câmara do que a dignidade do partido", defende, aguardando que o "camarada reconsidere e renuncie como estava previsto".
Em reacção a este clima de incerteza, a comissão política do PSD, apesar de demissionária, afirma que a solução deve passar pelas eleições. Pedro Fonseca mostrou-se surpreendido com a decisão do PCP e lembra que "quem está a perder é a população".
"Caso não haja mudanças, não continuaremos ao lado desta maioria", adiantou, referindo-se às tomadas de posição na assembleia municipal.
Na última sessão, recorde-se, o PSD chumbou a revisão da carta educativa.
.
(surripiado do Diário de Leiria)

1 comentário:

Wolverine disse...

"Quem está a perder é a população"...
Ora aí está uma grande verdade! Mas a população já está a perder há muitos anos até. Á custa de tanta guerra partidária e parolice de quem a maioria da população vota (mal) para tentar sair deste "pântano" (como dizia alguém :)), temos uma cidade parada e exposta ao país como anedota... Parámos no tempo... Vejam lá que nos dias imediatos ao fecho do mercado municipal, andavam umas senhoras ali na Cooperativa do Povo (talvez sem verdadeiro conhecimento da real situação) a recolher assinaturas para a reabertura de um espaço no qual existem mais reodores do que habitantes de toda a cidade... Ás vezes penso que as pessoas gostam de ser enganadas...