.
.

quarta-feira, 24 de outubro de 2007

JBD... o 'Bode Expiatório'!!

Agência Lusa, 23 de Outubro de 2007, 21:10
«O PCP da Marinha Grande anunciou hoje a retirada da confiança política ao presidente da câmara, João Barros Duarte, que recusou renunciar ao cargo depois de a concelhia ter anunciado, no início do mês, o seu afastamento.

Hoje, em comunicado, o PCP admitiu que "não resta à Comissão Concelhia outra decisão que não seja a retirada de confiança política a João Barros Duarte, que daqui em diante passará a representar-se a si próprio", salvaguardando contudo "outras avaliações e tomadas de posição ulteriores".

A 02 de Outubro, o PCP da Marinha Grande tornou pública a saída de João Barros Duarte da presidência da autarquia, invocando um acordo entre as partes que implicaria o afastamento do presidente dois dias depois.

Contudo, Barros Duarte, que se encontrava de férias aquando da tomada de posição pública do partido, não renunciou ao cargo e actualmente está de baixa médica, incontactável.

No documento hoje divulgado, o PCP diz ter feito "várias tentativas para conversar e aclarar a situação com Barros Duarte", todas "goradas pela sua recusa sistemática".

O partido sublinha que em declarações ao semanário "Região de Leiria", Barros Duarte afirmou "que vai regressar à câmara para trabalhar" após ter alta, declaração que "surpreendeu a Comissão Concelhia da Marinha Grande do PCP", que acusa o autarca de "atitude de negação da palavra dada".

"Nada fazia prever uma mudança de atitude de João Barros Duarte, recusando renunciar ao mandato, 'rasgando' o compromisso assumido", aponta o PCP, recordando uma conversa entre o partido e o autarca, a 11 de Setembro, em que este "colocou de imediato o seu lugar à disposição".

O afastamento de Barros Duarte é visto pelo PCP como uma "necessidade" para a realização de "um trabalho mais articulado, mais dinâmico e mais colectivo por parte dos vereadores da CDU para dar um novo impulso à gestão autárquica com vista à concretização dos objectivos programáticos e à resolução mais célere dos problemas da população".

No comunicado, os comunistas consideram que há da parte do presidente da autarquia a "sobreposição dos interesses pessoais aos interesses colectivos e de apego desmesurado ao poder".

"João Barros Duarte defraudou a confiança do seu partido e camaradas, de todos quantos confiaram na CDU e no seu projecto e em larga medida as expectativas dos marinhenses", argumentos considerados suficientes para a retirada de confiança política anunciada hoje.»

MLE
Lusa/fim

19 comentários:

Militante da CDU disse...

Se há alguem que está agarrado ao poder esse alguém não é certamente JBD que foi eleito democráticamente, mas sim o eu colega vereador Cascalho que não só conseguiu minar como agora assumiu sem qualquer tipo de legitiminada o lugar de JBD numa clara demonstralção de traição pessoal e politica ao povo da Marinha Grande. (com amigos assim quem precisa de inimigos??)

Anónimo disse...

Esse senhor Prfessor Doutor Engenheiro Cascalho se tivesse o minimo de consideração por JBD e pelos Marinhense pedia a demissão, mas não já demonstrou que está de tal forma agarrado ao poder que até a vergonha perdeu, não se apecebendo que politicamente após esta confusão está ferido de morte.

Anónimo disse...

tão preocupados com o JBD, lágrimas de crocodilos! Afinal passaram 2 anos a dar pancada ao homem, que não tinha ética...
hoje viram-se contra o cascalho... o vosso objectivo nem é o JBD nem o cascalho é o PCP.

nota final: não existem militantes da CDU! (mais atenção ao tentar passar por algo que não é)

Ti Nini disse...

Lágrimas de crocodilo. Não posso estar mais de acordo.
Mas por outro lado, o PCP não jogou limpo quando se aproveitou do prestígio pessoal do seu militante JBD numa estratégia para atingir o poder. Não sabiam como era o homem? Não concordaram com as suas propostas? Ou acreditavam que o domavam e que fariam dele o tal serventuário que tanto apregoam nos outros?
O JBD a candidato, foi uma via bem definida e nada inocente que escolheram. O JBD, com o seu pensamento mais ou menos apropriado à gestão moderna de um município como o nosso, com mais ou menos laivos de autoritarismo é, no meu entender, uma vítima do PCP, que não teve pejo em o cilindrar quando, tendo repetido a sua escolha, o deveria agora apoiar e incentivar a procurar soluções. É nas dificuldades que se conhecem os Homens. Será que o JBD perdeu as tão apreciadas qualidades de toda uma vida apenas num ano e meio, ou é o partido local que não hesita em descartar-se e atirar borda fora os seus melhores quando acham que convém ao colectivo? Quanto a mim, o JBD apenas teve falta de coerência quando aceitou o facilitismo daquela aliança contra natura com o PSD, em coligação talvez imposta, ou pelo menos incentivada pelo PCP. A partir daí, não haveria mais credibilidade nem suporte moral que lhe valesse. Foi sempre a descer apesar de lhe assistirem muitas razões.
Como o JBD pensará, também não gostaria de ver o meu nome associado à implantação dum supermercado de 3ª ou de 1ª categoria naquele lugar tão nobre, mas faltou-lhe apoio e ou engenho e a arte para encontrar outra solução alternativa a contento dos interessados e do concelho. Como ele, também eu penso que o mercado novo está mal localizado. Só por má fé não se reconhece isso. Acho que só por já estar num perfeito atoleiro é que o seu pragmatismo não o levou a tomar uma decisão. Criticar, mas abrir, Não abrir, mas emendar com uma solução melhor, sem delapidar recursos, afinal o dinheiro do erário público estava gasto, e isso o Povo não entende nem aceita!
Têm razão quando dizem que as vozes não são contra o João Barros Duarte nem contra o Alberto Cascalho, mas sim contra o PCP e pergunto se por acções e omissões, não é o PCP, que até ganhou as eleições, o verdadeiro responsável por esta trapalhada?

Anónimo disse...

Toda esta confusão deve-se ao PCP, sobre isso não há dúvidas.
Que estes anos foram perdidos, não há dúvidas, é ler as declarações do Cascalho ao Região de Leiria.
Que o PCP não tem condições para continuar a comandar a autarquia sem eleições, não há dúvidas.
Que foi o Leclerc que tramou Barros Duarte, não há dúvidas. (repito: Leclerc e não ACM)

Anónimo disse...

Leclerc ou Luis Guerrilha?

Anónimo disse...

mas afinal.. quando convém foi o PCP que ganhou as eleições, quando dá jeito, para as tais lágrimas de crocodilo, foi o JBD.
já agora foi o PS que construi o chamado "mercado novo" que inaugurou,em 2005, mas nunca o abriu ao público. Esses mesmos que estão embrulhados numa negociata de permuta de terrenos da vieira com o construtor do respectivo "mercado novo", que valem tão só mais 600.000 contos que a obra executada no edifício do tal "mercado novo".-
quem é que delapidou o dinheiro da população do concelho?
ao que me é dado a conhecer esta gestão pode ter muitas falhas mas não é certamente na gestão financeira!
basta de demagogias e de anti-comunismo primário, mesmo com a falta de argumentos,não é admissível o que por aqui se escreve.
já agora falo por mim e não represento ninguém. este espaço serve para isto mesmo! ou não!

Ti Nini disse...

Ao anónimo das 6:35
Pois é. Quem não vai pela cartilha é anti-comunista primário!
O Ti Nini até julgava que esse discurso, já era, mas não!
Olhe, provavelmente tem alguma dificuldade em ler e compreender, por isso explico que não escrevi que o PCP ou o JBD delapidaram o dinheiro público. Apenas expressei que deveria ser encontrada uma solução que não o delapidasse.
Por educação e convicção tenho sempre o maior cuidado com a honorabilidade das pessoas e a maior tolerância e respeito por quem pensa diferente de mim. Por isso o aconselho a que seja também intelectualmente honesto e se defenda no campo das ideias. Deixe-se lá de golpes baixos. Combata o que eu afirmei, não aquilo que lhe convinha que eu tivesse dito.

desconfiado disse...

sobreposição dos interesses pessoais aos interesses colectivos
??????????????
Mistério...

Anónimo disse...

Grande tiro no pé!!
Depois de o terem elogiado, agora tiram a confiança ao homem!!
É preciso um grande Latão!!!
Nunca pensei que o PCP fosse cometer um erro com este, entregar de mão beijada a Autarquia à Oposição!!
Obrigado, a Marinha merece mais e melhor!!!

Anónimo disse...

Para que conste e de uma vez por todas - não foi o JBD nem o PCP/CDU que ganharam as eleições. Foi o PS que as PERDEU. E perdeu-as porque se revelou incapaz de gerir os destinos dos Concelho. Foram arrogantes, prepotentes, autistas e INCOMPETENTES. Logo, são ridiculas as opiniões (tal como o comunicado do PS de já hoje)de que o PCP usou JBD e que agora o quer tramar. O silêncio a que se votou o Barbas só tem justificação face ao que o PCP tem afirmado - ele traí-os. E como alguém escreveu quando defendia exactamente o oposto do que defende agora - Roma não paga a traidores. Haja eleições ou não haja, chamo a atenção para a postura do PS em toda esta situação e nos últimos 2 anos de Oposição.

Chegou a hora de mudar - A MG merece mais.

Anónimo disse...

Oh caro anónimo 10:53!!!! você é burro ou quer fazer os outros?
Então o PCP faz esta tramoia toda ao JBD e a oposição é que é responsável? Haja vergonha!!!
Numa coisa você tem razão ROMA NÃO PAGA A TRAIDORES...vamos vendo neste caso a contabilidade do Cascalho e do Luis Guerrilhas - um que quer o lugar do JBD e fez-lhe a cama, o outro o negócio do Leclerc...vá-se lá saber porquê.

Anónimo disse...

Burro...este anonimo... porquê??
Por dizer a verdade!!
Agora todo aquele que fala mal do PS é intitulado de "Burro"???

Anónimo disse...

Meu caro "amigo", tenho de me baixar ao seu nível e responder-lhe da mesma forma - ou é burro ou mau carácter. Que provas tem que não foi o Barbas que roeu a corda ?? Acha o silêncio dele inocente ?? Acha que o PCP, apesar dequele cromo que agora os representa, iria tomar uma atitude destas de animo leve e de qualquer maneira??
Isso é tomá-los por muito burros e olhe que o ser humano tem a tendência de tomar os outros por si mesmo.

Anónimo disse...

O Post das 11:21 é para responder ao anónimo das 11:41 - 24/10.

Anónimo disse...

.... continuando

O PS durante 2 anos tem sido, ao nível do que já nos habituou, uma oposição baixa, mesquinha, que utiliza a mentira como forma de estar na politica. Faz do boato a sua arma de arremesso. Tem, na politica, a postura do vale-tudo. Dou um exemplo: o PSD vem, ininterruptamente desde o inicio do mandato, levantando a questão da adesão à SIMLIS em todas as A.Municipais. O PS nunca falou no assunto. É um assunto de extrema importância para o Concelho. Pois o Gigante Adamastor até esse assunto usou como arma de arremesso contra o Prof. Brita. É mau demais e que tem esta postura não merece o apoio de NINGUÉM de boa fé. Só dos assalariados que puseram em 12 anos na CMMG.


Quando alguém quiser discutir de forma séria o assunto SIMLIS, faça favor de perguntar.

(Esse e outros).

A Marinha Grande merece mais e melhor.

cjml disse...

Bom, aí está o estilo puro comunista, quem não é a meu favor é contra mim.
Aqui, só existem comunistas, porque somos um país capitalista e democrático.
Penso que é na Marinha que estão todos os de pior formação. Graças a Deus que conheço bons e ilustres comunistas com quem dá gosto conversar, mas não é na Marinha.

Abstruso disse...

Meu caro,
Na Marinha Grande não há muitos comunistas. Não, nesta terra há, sim, muitos, muitos comonistas.
É vê-los por tudo onde seja sítio onde se coma... por cá, fora de portas, etc. etc.
Comunistas, cá? Ná, aprendizes de... isso talvez!

Anónimo disse...

Na Marinha Grande existem é muitos comudistas!!!
CDU e PS ... descubram as diferenças!!
Quatro, mais quatro anos... doze anos ... dois anos ....????
Todos iguais!! Sempre tudo mesmo!!!