.
.

sexta-feira, 18 de junho de 2010

José Saramago cantado por Manuel Freire



Uma faceta pouco conhecida de José Saramago. Um seu poema brilhantemente interpretado por Manuel Freire.

5 comentários:

Anónimo disse...

Ja tava a demorar mais um fossil musical..enfim no dia da morte do homem que tanto mal disse do nosso Pais e que ate dele fugiu temos de de dar o desconto......

sancudo disse...

Aqui mesmo acima (anónimo das 00:15) temos o exemplo acabado de que - como parece constar em estudos elaborados no estrangeiro (brasil incluído) - somos dos países do mundo que maior número de imbecis tem por metro quadrado.

Fê-blue bird disse...

Os anónimos sempre me meteram nojo!
Cobardes e ignorantes!

Obrigado Largo das Calhandreiras por nos trazer esta magnífica recordação.
Um abraço

folha seca disse...

O primeiro bitaite deste post para alem da classificação já dada pelo "Sancundo" demonstra bem o que é aproveitar a liberdade em que hoje vivemos, para poder dizer o que pensamos ou pura e simplesmente usá-la para denegrir cobardemente aqueles de que não gostamos. É a vida.

Sei que ao toque de um clique do rato aquela "bosta" podia desaparecer daqui definitivamente, mas honra seja feita os autores e dinamizadores do largo das calhandreiras que são capaz de ultrapassar isto, porque a democracia pratica-se, mesmo que às vezes apeteça apagar a hipocrisia e a "imbecilidade"

Saibamos usar a "liberdade que está a passar por aqui"

Anónimo disse...

Até parece que é mentira, aquilo que o anónimo das 00:15 escreveu ..........

Parece-me é que anda por aqui muita ignorância.

Não se preocupem que o Saramago não vai estar só ..... em breve vai ter a companhia da comitiva Norte-Coreana presente na Africa do Sul ....... e então vão poder discutir (em "ampla" liberdade) os méritos dos regimes que ele sempre defendeu.