.
.

sábado, 11 de setembro de 2010

Os 11 de Setembro(s) que povoam as nossas Memórias...




Não sou muito de recordar datas, prefiro (ou habituei-me mais a fixar-me nos acontecimentos) mas hoje as más recordações de 2 datas coincidentes no dia e no mês fazem-nos lembrar 2 acontecimentos que a humanidade dispensava. Se os trago aqui não é por qualquer vontade de os lembrar e muito menos de fazer lembrar. Mas olhando para o Mundo e as manifestações de intolerância que vemos por aí, fazem-me temer que as "razões" que fizeram com que no Chile se abafasse uma jovem democracia num banho de sangue às mãos dos Fascistas comandados pelo sanguinário Pinochet com o apoio, colaboração e financiamento (hoje mais que comprovado dos então dirigentes dos EUA) e o outro 11 de Setembro levado a cabo por um grupo de fundamentalistas às ordens do sanguinário Osama Bin Laden, usando a Al Qaeda como exército movido por princípios fundamentalistas, mandou executar.


Nestes 2 acontecimentos que a humanidade hoje recorda com mágoa e em que muitos choram a perda de milhares de vidas humanas, seria de bom tom que os homens de boa vontade, se unissem para que este tipo de acontecimentos fosse abolido para sempre dos "medos" que infelizmente teimam em acompanhar-nos.

3 comentários:

Rogério Pereira disse...


por Cá?
Curtas férias... espero que boas!

Também é esse o tema. Também é esse o meu tom. Apenas uma "pequena diferença" quanto ao entendimento do 11 de Setembro de 2001... Mas são apenas suspeitas, baseadas em alguns factos mal explicados...

Abraço

Luís Coelho disse...

Olá Rui
Obrigado por apareceres no lidacoelho.
Muitos dias reparava num leitor da Marinha Grande, mas sem ter maneira de me chegar tão perto quanto hoje ao me dares esta possibilidade.
Somos quase vizinhos. Já trabalhei aí na M. Grande e com muitos colegas aí dessa bonita cidade.
Aparece sempre que queiras e tanto podes ser meigo ou não. Fala do que mais te incomoda e daquilo que mexe com as nossas vidas.

Referindo-me ao teu post.
São datas que não nos esquecem pela maldade negativa dos homens.
Gostaria mais de recordar acontecimentos bons - 25 ABRIL
Fim da Guerra e início de uma época melhor para a maioria dos portugueses. Porem já começa já a ser só para alguns. Muitos passam a estar obrigatoriamente calados.
=Sim senhor ministro............=

folha seca disse...

Caro Luis Coelho

Em primeiro lugar agradecer o teu comentário aqui no nosso "Largo". Em segundo desfazer o equivoco do Rui. Como faço questão sempre que escrevo um primeiro comentário num blogue que visito, para alem do nick bloguer, assino com R.Manuel o que se presta a equivocos, mas se no teu perfil tiveres um mail activo por essa via desfazerei o mesmo.
De facto o teu post que comentei tem muito a ver com a minha Marinha Grande. De certeza que muito pouca gente da minha geração, nâo passou por aquilo que relatas. Mais, conseguiste descrever uma situação que ainda não o tinha vista duma forma tão realista (talvez por distracção) mas onde do principio ao fim me senti protagonista.
Abraço