.
.

sexta-feira, 2 de novembro de 2007

Revista de Imprensa


Barros Duarte poderá sair na próxima semana

João Barros Duarte deverá renunciar ou suspender ao mandato nos próximos dias. O JMG apurou junto de fonte próxima do ainda presidente da Câmara da Marinha Grande que o pedido poderá dar entrada na próxima semana
O presidente da Câmara da Marinha Grande deverá renunciar ao mandato na próxima semana, muito provavelmente a 7 de Novembro, dia em que termina a baixa médica do autarca.
O JMG apurou que Barros Duarte ainda ponderou renunciar a meio desta semana, mas concluiu que “este não é o melhor momento”, apurámos junto de fonte próxima do autarca.
Na mente de João Barros Duarte paira ainda outra dúvida: suspensão ou renúncia?
A resposta a esta questão deverá ficar definitivamente esclarecida na próxima semana, quando der estrada na autarquia o pedido assinado pelo punho de Barros Duarte.
O JMG apurou ainda que o autarca ponderou colocar mais um mês de baixa médica, um cenário que acabou por perder força nos últimos dias, sobretudo a partir do momento em que o executivo camarário não teve quórum para votar a aquisição das tendas que suportam o mercado municipal provisório, junto aos campos de ténis. Recorde-se que o aluguer do equipamento custa à autarquia 500 euro... por dia.
A mesma fonte garantiu ao nosso jornal que Barros Duarte reconhece não ter condições política para regressar à câmara, mas a sua maior mágoa está centrada em alguns camaradas de partido, a quem o ainda presidente da autarquia acusa de “traição”.
.
(surripiado do JMG)

29 comentários:

avatar disse...

Aqui está uma excelente notícia.
Fala-se de todos os cenários possíveis e assim vão acertar de certeza.

Mas hoje lanço um desafio:

Estão por acaso os socialistas interessados em abrir uma garrafa de vinho chileno por terras de São Pedro de Moel?
Esperamos resposta.
O destino da "garrafa" está nas vossas mãos.

Anónimo disse...

Nunca o PS esteve interessado em salvar o barco pois este mais cedo ou mais tarde vai ao fundo e ninguém sobrevive. Por isso vão ficar sem resposta, julgo eu.

Marinhense Atento disse...

Tanto quanto julgo saber o PS nunca esteve interessado em salvar o barco, assim como nunca esteve interessado em afundá-lo!
Quem vai ao leme é que o deve livrar dos escolhos, embora se veja bem que a barcaça mete água por tudo o que é fenda!

Anónimo disse...

Tem toda a razão o marinhense atento. Quem se meteu mesta embrulhada que a resolva se for a tempo. Não julgo ser o PS parte da solução.

Anónimo disse...

Será que o Avatar só bebe vinho Chileno ???? Já não há pachorra para tanta repetição...de mau gosto ainda por cima. ele com tanto vinho bom, foi logo falar continuadamente do vinho chileno... não entende nada do precioso nectar certamente.

Vitaminose disse...

O marinhense atento continua pouco atento. Essa do PS nunca ter estado interessado em afundar o barco é para rir.

Naturalmente, como disse um anónimo, nunca o PS será parte da solução.

Marinhense Atento disse...

Pois não. Não posso estar mais de acordo. O PS nunca
será PARTE da solução pela simples razão de ser, ele próprio, a solução...

Vitaminose disse...

A solução para quê ??

Para estarem lá mais 12 anos a ver a banda passar ???

Em 12 anos a única coisa que fizeram (e muito mal feita, como se sabe) foi o Mercado do Atrium.

De resto ....

Malvado disse...

Olha, este é cego. Coitadinho...

Folha Seca disse...

Cuidado que o excesso de vitaminas pode levar á cegueira, com se prova no comentário do vitaminoso...

Wolverine disse...

Hum...
Penso qu se deve acrescentar ao Atrium os dois parques que fazem com que venha gente de Leiria para aqui com os seus filhos brincar. Pois em Leiria o Polis só serviu para encrencar a cidade uns poucos de anos...e um pouco de cosmética...
Deve-se tambem ter em conta que o parque de Cerca acabou com a especulação imobiliária para aquele espaço. Mesmo assim, quase que acabavam com ele afundado em mentiras sobre o suposto chumbo que contaminava as terras...

Ficou mto por fazer da parte do anterior executivo, mas olha que este nem a rua que vai acabar ao Cimarina é capaz de reparar. Daqui por uns tempos, só de jipe se passa naqueles 200 mts de estrada...

321 disse...

Que eu saiba os dois parques e as muitas das obras realizadas nos últimos anos não foram obra do PS, mas resultado da estratégia e gestão do Constâncio e da visão e determinação do Álvaro Órfão.
Como já toda a gente sabe, não há no PS actual quem lhes chegue aos calcanhares. E como se sabe também, na dianteira do PS actual restam os (maus) aprendizes, desde aqueles que já lá estiveram e saíram derrotados, como aqueles que de alguma forma estiveram na cadeira ou do lado direito do poder, e esperam oportunamente, que lhes caia mais uma vez a cadeira no colo. E para quê?
Imaginem, façam futurologia, o que quiserem, mas acho que a conclusão é óbvia.
A Marinha Grande precisa de gente nova à frente do PS, e nenhum destes aprendizes sedentos de poder, fotografias no jornal, status e dinheiro serve os interesses da câmara e dos marinhenses. É preciso gente nova e com visão.
E com isto tudo estamos a perder tempo, muito tempo, que vai sair caro ao concelho.

Anónimo disse...

É que nem outra coisa se espera do PS, gente nova, novas ideias.

folha seca disse...

Há muito que frequento este forum apenas como simples visitante... pela primeira vez hoje mandei uma boca tipo provocatoria a um vitaminoso que quanto a mim pelo seu escrito parecia estar com problemas de visão ou seja cegueira politica... no entanto como o fim de semana foi grande tive tempo para ler com alguma atenção o conjunto de bitaites que aqui se produziram. foi com grande satisfação que afinal se conseguem duma forma séria tambem aqui produzir textos duma grande qualidade... força FLC

Vitaminose disse...

Pelos comentários aqui inseridos ficámos a saber várias coisas:

1º A folha da Rosa diz que está seca. Pois está (afirmo eu), por isso é que caiu. Seca e moribunda (de ideias, claro).

2º Fazem-se 6 (seis !!!!!!)comentários de indole "Rosinha" em resposta ao meu, mas a unica coisa que afirmam ter feito é dois Parques para crianças. Não vos parece muito pobrezinho para 12 (doze !!!!) anos ???

3º Chamam-me cego. O que vos digo é que sou muito mais exigente do que vocês. Naturalmente que em 12 anos foram feitas mais coisas.Mas .... sabem, por acaso, quanto dinheiro teve o PS à sua disposição nesses 12 anos ??? Sabem quantos anos governou autarquicamente em simultâneo com o Poder Central da mesma cor ???
Acham mesmo que fizeram um bom trabalho ???

4º Parece que o PS nao está moribundo. Folgo em sabê-lo. É pena é não se ouvirem ecos dentro do próprio PS desta vontade de "renovação". Eu, apesar de estar de fora, aplaudia.

Vitaminose disse...

Em relação ao Polis ..... alguém diz que o de Leiria foi só para encrencar a cidade .... não quero perder tempo a falar de Leiria, principalmente com alguém que não faz a minima ideia do que está a dizer.

Falando do que interessa, a Marinha, podemos falar do Urbcom, projecto Socialista que assassinou o Comércio Tradicional.

Ou da Tumg, que o PSD não deixa cair, mas que é mais uma grande trapalhada que vem detrás (do PS).

Ou das variantes, que em 12 anos não fizeram nem um Projecto, enquanto qualquer Concelho com 3/4 mil habitantes fez, não só os Projectos, como todas as obras.

Ou do Urbanismo (PDM, Planos de Pormenor, etc.) Nada se fez, só a construção selvagem.

Do Mercado não vale a pena falar. Tem sido um assunto muito dissecado. Agora, a realidade é que, em 12 anos, não resolveram o problema e agora ainda têm a pouca vergonha de o utilizar como arma Politica. Se não há Mercado, a culpa não é deste Executivo.

Podemos falar também do Turismo. O que (não) foi feito cujos resultados estão à vista.

Muitissimos assuntos, se quiserem:

- Parque Campismo da Vieira
- Saneamento
- Trânsito
- Instalação de Grandes Superficies (a forma como foi feito).
- etc, etc, etc.

Discutirei, abertamente e com a maior correcção, todo e qualquer assunto, quer com os Rosinhas, quer com alguém de outro Partido, desde que o queira fazer abertamente e com correcção.

Termino aconselhando uma boa dose de Vitamina C a todos, porque se há alguém Cego por aqui, não sou eu.

Vitaminose disse...

(já estou a monopolizar isto)


Só um ultimo esclarecimento:

em relação ao Parque da Cerca, as análises estão lá. Não foram inventadas. Se os responsaveis não actuam, eles (PCP) é que terão de responder por isso. O PSD continua a defender o encerramento do espaço, principalmente até haverem novas análises, porque, como devem saber, houve remoção de terras. Não se fazer nada é que é uma enorme irresponsabilidade.

Em relação à especulação imobiliária, o amigo Wolverine está enganado. O anterior Executivo (PS) teve projectados dois blocos de apartamentos para os topos do Parque. Isso só não avançou porque o PSD o impediu na Assembleia Municipal. Aliás, não sei se sabe, mas só depois das eleições é que retiraram máquinas que já tinham preparadas para começar as Obras. Se o PS tem ganho (com maioria absoluta) neste momento já tinha dois blocos de apartamentos em construção na "sua" bela obra prima.

Se calhar anda a votar no Partido errado ........ você e muitos mais.

Anónimo disse...

O nick name "VITAMINOSE" sugere-me alguém que assume precisar de vitaminas, porque será carente em ferro, fósforo, magnésio, sofrerá de disfunção eréctil e de ejaculação precoce e claro, sendo laranjinha, perdeu a memória.
Primeiro diz que a anterior Câmara só fez o Atrium e mal.
Depois admite que também fez dois parques urbanos na cidade e finalmente afirma que fizeram muitas outras coisas, porque tiveram muito dinheiro, muito tempo e Governos da mesma cor.
O homem está mesmo a precisar de Vitaminose.
Eu que já cá ando há muitos anos, posso afirmar que a CDU, nos seus primeiros mandatos fez muita obra, especialmente ao nível de infraestruras básicas e por a população ter reconhecido isso, esteve na Câmara quase 15 anos se a memória não me falha.Não me lembro é de nada que o PSD tenha feito, mas o defeito pode ser meu e peço desculpa se estou enganado.
A Câmara liderada pelo Orfão, como é mais recente, fez algumas coisas de que me recordo e que passo a citar para lhe avivar a memória:
- Apoiou os trabalhadores da Manuel Pereira Roldão e o Sindicato, nos gabinetes e na Rua, disponibilizando apoio financeiro para comprar combustível para manter os fornos acesos.
- Apoiou os trabalhadores da Mortensen e disponibilizou-se para comprar a marca Stephens, injectando 350.000,00€ para se poderem pagar salários e manter a empresa a laborar, o que não aconteceu porque o então presidente do Sindicato inviabilizou e provocou o seu encerramento.
- Construiu o Museu do Vidro, promessa dos outros desde 1979.
- Construiu a Biblioteca Municipal que outros anunciavam ir fazer desde há muitos anos.
- Construiu o Arquivo Municipal e recuperou e classificou documentos com interesse histórico, que os outros atiravam para o sótão do velho Mercado, à mercê dos ratos que por lá se passeiam.
- Recuperou e reconstruiu o edifício dos Arcos, no património Stephens.
- Reconstruiu a Casa Alpendrada, hoje chamada a casa do Vidreiro.
-Recuperou o edifício Palácio dos Barosa e instalou o Museu Joaquim Correia.
- Restaurou o edifício da antiga esquadra da PSP e instalou a Associação de apoio às crianças em risco.
- Construiu a Casa Mortuária.
- Remodelou e reconstruiu os Pavilhões da FAE, adaptando-os a pavilhão desportivo e a eventos como a Bienal de Artes Plásticas, Feiras e Exposições.
- Construiu a passagem desnivelada da Amieirinha e os acessos à Zona Industrial.
- Reconstruiu a Ponte de Picassino onde só passava um carro.
- Construiu a nova Ponte da Escoura
- Construi o túnel do Santos Barosa.
- Construiu a Escola Nery Capucho e o Pavilhão Gimno Desportivo.
- Construiu as Prés das Trutas, Fonte Santa, Comeira, Vieira, Moita, etc.
- Remodelou todo o parque escolar do ensino básico, instalou os arranjos exteriores com equipamentos de recreio, fonotecas e videotecas.
- Adquiriu e remodelou o Teatro Actor Álvaro em Vieira de Leiria.
- Construiu as Piscinas de Vieira de Leiria.
- Construiu os campos de ténis, a pista de tartan, o campo de treinos relvado e remodelou o estàdio, equipando-o com bancadas e arranjos exteriores co dignidade
- Adquiriu os terrenos da Cerca à Segurança Social por cerca de 300.000,00€ e construiu um parque urbano de grande qualidade, que alguns irresponsáveis do PSD tentaram conspurcar com a denúncia mentirosa da existência de metais pesados.
- Construiu o Parque Mártires do Colonialismo, onde outros antes já tinham tentado montar galinheiros a que chamavam mini-zoo.
- Adquiriu 50ha de mata para alargar a Zona Industrial por cerca de 300.000,00€.
- Construiu as acessibilidades a Picassinos, Albergaria, Pilado, Pedra/Fonte Santa, Casal Galego.
- Remodelou e alargou a estrada 242-2 para a Vieira.
Construiu a Estrada Atlantica.
- Construiu os arranjos paisagísticos da Praia da Vieira,
....Podia continuar a puxar pela memória e poderia acrescentar todas as estradas importantes da Vieira, a Rua da Boavista na Praia, as principais ruas da Moita, os furos de água e os depósitos construidos, as redes de saneamento, a ETAR de S. Pedro, etc. etc.
Se o Vitaminose quizer eu ainda lhe faço um desenho porque assim vai conseguir memorizar melhor.
Já agora, acrescento a Construção do Crisform, do Open e do Centro Empresarial, que só não foi acabado, porque o empreiteiro faliu.

Vitaminose disse...

Caro anónimo 12:45, eu sei que é tarde e amanhã é dia de trabalho.

Quero começar por lhe dizer que, em relação à disfunção eréctil e ejaculação precoce, já cumpri com a minha obrigação hoje. Parece-me que você ainda não fez o mesmo. Espero é que o sangue nao lhe tenha subido todo à cabeça e depois lhe falte "no orgão".

Depois que, se o PSD nunca ganhou eleiões para os Orgãos Autárquicos, naturalmente não poderá indicar muita obra que tenha feito.

Mas já tem algumas. Em relação às análises do Parque da Cerca, elas vieram do Canadá. Sugiro-lhe que vá lá pedir contas à empresa que os fez.


Efectivamente, descreve uma série de obras feita pelo anterior Executivo. Obrigado por me as recordar. É sempre bom e, como diz o poeta, recordar é viver.

Posso concluir, pela seu comentário, que ficou muito satisfeito com a prestação do PS.

Eu não. É simples. Por várias razões:

- A primeira cham-se "Prioridades".

Na minha maneira de pensar ficaram coisas muito mais importantes por fazer que os Museus e os Teatros.

Podemos falar nisso, se quiser.

Depois, porque vivemos num Mundo dinâmico e muito competitivo, temos de saber aqnalisar os resultados dos actos (neste caso, obras) que fazemos.

O apoio aos Vidreiros e principalmente um Projecto chamado VitroCristal, totalmente criado e gerido pelos Socialistas, foi gastar dinheiro "à fartazana", com os resultados que se conhecem.

Redes de Saneamento e ETAR's, não vá por aí. Só lhe digo que, conforme o PSD anunciou em comunicado em 2002, a ETAR da Vieira é dos maiores poluidores do Rio Lis. Aliás, já não se fazem obraslá à mais de 7 anos. Resultado, o que entra é o que sai.
Na ETAR da Escoura, só em oxigénio são € 2.500,00/mês. Porque foi mal pensada, pior executada e ainda por cima, o caudal que para lá encaminharam é maior do que devia.

Já é tarde, continuo a responder-lhe outro dia. Com a promessa de lhe trazer, com rigor, o valor total do Erário Público que tiveram para gerir.
Naturalmente que fizeram muita coisa. O problema reside essencialmente naquilo que fizeram mal feito (exemplos maiores Mercado e Saneamento) mas principalmente no que não fizeram, nas prioridades que definiram e que foram as erradas. Na minha humilde opinião, naturalmente .....

avatar disse...

Excelente avatar que por aqui vai...
Os meus parabéns...
Fui, poucos dias para avatar com JBD..

Acintoso disse...

Cá por mim subscrevo o que diz o Avatar: 'Excelente avatar que por aqui vai...' Só não percebi por que carga d’água o anónimo das 12:45 teve de começar o seu bitaite da forma como começou, e transcrevo: "O nick name "VITAMINOSE" sugere-me alguém que assume precisar de vitaminas, porque será carente em ferro, fósforo, magnésio, sofrerá de disfunção eréctil e de ejaculação precoce e claro, sendo laranjinha, perdeu a memória."
Assim como não compreendo a fortíssima resposta, à letra, dada pelo Vitaminoso. Se não vejamos o que ele disse: "Quero começar por lhe dizer que, em relação à disfunção eréctil e ejaculação precoce, já cumpri com a minha obrigação hoje. Parece-me que você ainda não fez o mesmo. Espero é que o sangue nao lhe tenha subido todo à cabeça e depois lhe falte "no orgão".!!!

Que diabo! a troca de pontos de vista até estava a decorrer a bom nível... e, se assim
era, porque razão haveriam de ter descido ao nível da lavadeira? (Sem desprimor para ditas, bem entendido!...)
Como diria o Diácono Remédios: 'Não havia nechechidade! Não havia nechechidade!.
Isto só confirma a asserção popular que nos lembra que até 'no melhor pano cai a nódoa!...'

Anónimo disse...

Mais do mesmo no JN:

(http://jn.sapo.pt/2007/11/05/pais/marinha_grande_vive_impasse_oposicao.html)

Marinha Grande vive impasse com oposição a clamar eleições

Renúncia do presidente, anunciada pelo PCP, que ainda não se verificou, tem causado clima de incerteza


Helena Simão

É num cenário de incerteza que se assinala a primeira metade do mandato da maioria CDU-PSD, na Câmara da Marinha Grande. No início do mês, foi anunciada a renúncia do presidente João Barros Duarte, para dar lugar ao número dois, Alberto Cascalho. Surpreendentemente, o líder do executivo não abandonou o cargo, ausentando-se por motivos de saúde. A oposição reclama eleições intercalares, enquanto a maioria aguarda que Barros Duarte se afaste.

O actual vice-presidente Alberto Cascalho acredita que "a situação será resolvida em breve, de forma a não perturbar o trabalho da Câmara". Face a "vários condicionalismos, estes dois anos foram complexos, mas temos desenvolvido projectos em vários domínios", refere, destacando a economia, as acessibilidades, o centro histórico, a cultura e a educação.

"Recebemos a Câmara com a capacidade de endividamento ultrapassada, o que condicionou o plano de financiamento", resume. Críticas à parte, o autarca perspectiva dois anos de concretização de objectivos, tais como a expansão da zona industrial de Casal da Lebre, o início da construção da variante Norte-Nascente, a reabilitação do centro tradicional e a beneficiação do edifício da Resinagem, onde até há pouco tempo funcionava o mercado municipal, mas que acabou por ser encerrado pela Autoridade de Segurança Alimentar e Económica, por falta de condições.

Ao candidatar-se pelo PSD, Artur Oliveira partia em desvantagem, dada a reduzida expressão do partido no concelho. No entanto, foi eleito e sustenta a maioria, sendo responsável pelas Obras Públicas, Transportes e Ambiente. Dois anos depois, faz um balanço positivo do seu trabalho, mas não se considera satisfeito. "Em pleno, os objectivos nunca se conseguem porque aparecem sempre obstáculos", afirma, referindo que, em 2005, acreditava que a variante Norte-Nascente pudesse já estar concluída. A obra ainda não está no terreno, mas o vereador assegura que "vai ser lançado o concurso", para que a intervenção arranque no próximo ano.

Ao nível do saneamento, uma das prioridades do seu programa, o autarca garante que "foram feitos alguns avanços em diversas localidades do concelho". As obras mais visíveis têm sido, no entanto, nas estradas. Segundo este responsável, "mais de 70% das vias que estavam em mau estado foram melhoradas e encontram-se mais de 20 adjudicadas para entrar em obra".

O PS tem uma visão bem diferente da maioria. No rescaldo da derrota nas últimas eleições, João Paulo Pedrosa, o primeiro de três vereadores a ser eleito, aceitou o pelouro da Rede Social, mas é com fortes críticas que analisa esta primeira metade do mandato.

"A CDU não cumpriu nem uma única promessa que fez ao eleitorado", diz o vereador, considerando que "o concelho é gerido casuisticamente pela maioria e a consequência desse trabalho está à vista de toda a gente, com o PCP a querer tirar o presidente a toda a força e o PSD a retirar a confiança ao seu vereador, que é o suporte desta maioria".

"PS está a bloquear o trabalho"

Quais são as prioridades para os próximos dois anos? Atendendo às características do concelho, que é fortemente industrializado, elegemos o desenvolvimento económico e social como uma das prioridades. Aguardamos que, a qualquer momento, seja dada autorização para a expansão da zona industrial. Estamos também a trabalhar no plano de pormenor da zona industrial da Marinha Pequena e no alargamento da de Vieira de Leiria.



No domínio cultural, como estão os processos de criação do Museu da Floresta e da recuperação do Teatro Stephens? Em relação ao Museu da Floresta, demos alguns passos em conjunto com a Direcção-Geral dos Recursos Florestais e o Instituto dos Museus Nacionais. Queremos que avance o mais depressa possível. Quanto ao Teatro Stephens, estamos a ultimar os projectos de arquitectura para podermos apresentar uma candidatura ao Quadro de Referência Estratégico Nacional. É uma urgência, dado que neste momento a cidade não tem uma sala de cinema.



Em que ponto está a concretização do programa Polis? Tivemos de alterar o projecto relativamente à despoluição da ribeira das Bernardas, a nascente do estádio, uma vez que aquele troço da ribeira coincidia com

o prolongamento da avenida

da Liberdade. O assunto

está quase desbloqueado, es-

tando preso apenas pela expropriação de terrenos ocupados indevidamente.



Acredita que este impasse criado pela ausência do presidente da Câmara vai ser



resolvido? A situação não facilita o trabalho do executivo. Estamos com menos um elemento. Isso preocupa-me porque o PS está apostado em bloquear o normal funcionamento da Câmara, em prejuízo dos interesses dos munícipes. Acho que está a exagerar.



CURIOSA A OPINIÃO DO SR. AA A RESPEITO DO SEU DESEMPENHO NA CMMG...

avatar disse...

Muitos parabéns ao JN, desde há muito uma referência, designadamente pelo "local"...

Cascalho avata, mais uma vez: "os outros", dizia o meu bisavô: "porra, que não há paciência para estes gajos"

Mas nada mais adianto pois não quero criar qualquer trauma ao senhor, se tiver que tomar supositórios que não seja por traumas criados por mim...

Mas não há paciência...

Bom avatar... neste post...

Wolverine disse...

Amigo vitaminoso:

Até porque estou recenseado em Leiria, sei do que falo por causa do Polis. Tirando o que foi melhorado debaixo do chão, a montanha pariu um rato. Só o parque de estacionamento que está por baixo da fonte é um bom exemplo de obra adjudicada e ja combinada. A câmara põe policia a multar em todo o lado perto do referido parque para forçar as pessoas a ir lá estacionar. Podem estar a assaltar pessoas perto da Sé, como aconteceu, que só há polícia na zona da fonte. Mas voltando à cidade que me interessa, não tenho que lhe justificar a si nem a ninguem em quem voto, até porque nas ultimas três eleiçoes que houve, votei em listas diferentes. Não estou preso a partidos, antes voto nos que, dentro dos concorrentes, me parecem mais capazes. Não digo que não tenha razão em alguns pontos, mas o meu amigo tem o juízo toldado pela obediência a uma cor política. Só mais um esclarecimento grátis: a Vitrocristal acabou depressa por causa dos tachos (e garanto-lhe que não era só uma cor política a comer deles) e também devido ao facto das empresas de cristalaria aqui da região verem o projecto Vitrocristal como um saco de dinheiro onde podiam ir buscar para as suas casas, carros, piscinas...
Varias empresas tentavam vender peças com defeito para o estrangeiro e, quando estas eram devolvidas pelo armazém, não gostavam. Até que começaram a não satisfazer encomendas para forçar a exportação dessas peças defeituosas. Se tivessem todos sido honestos de início, hoje haveria mercado para todos até porque as peças tinham uma margem de lucro de 100% sensivelmente. Assim, como o típico empresário português é chico-esperto, mata a galinha dos ovos de ouro por causa da ganância...
Além disso não vos parece estranho o facto das empresas de cristalaria aqui falirem e logo na semana seguinte já há comprador e investidor? Sei que este tema não estáno âmbito do momento, mas penso ser pertinente...

Anacrónico disse...

Li, com muito interesse, os comentários colocados aqui pelo anónimo 12:45 AM e pelo Vitaminose 1:36 AM.
São comentários interessantes e que merecem que lhes prestemos atenção.
O Vitaminose queixa-se de o seu partido nunca ter sido chamado a exercer funções de topo na nossa Câmara, dizendo que se tal tivesse acontecido, este concelho estaria bastante melhor.
Está no seu pleno direito, embora eu verifique que as suas propostas poderiam não ser as que melhor servissem a causa marinhense. Mas como nunca se esteve nas funções referidas, é lógico que o discurso torna-se mais solto e mais livre.
De qualquer modo registo a intenção de discutir os assuntos da nossa terra de forma aberta. Na teoria, pois se a oportunidade se viesse a verificar, perdoe-me o Vitaminose, mas duvido que houvesse a mesma disponibilidade! Sabe é que noto no seu discurso numa certa 'tendência' de radicalização, facto que me leva a ter a tal duvidazita...
Quanto ao anónimo 12:45 AM, achei muito bem que relembrasse o trabalho feito pelo PS durante o tempo em que esteve em funções - os tais doze anos. Como as pessoas têm a memória curta, é bom que essa recordatória aconteça e que fique o registo. Eu próprio irei guardar este seu comentário para memória futura!
Foi, de facto, muito o trabalho feito e, contrariamente ao que expressa o Vitaminose, eu até estou de acordo com o esforço de investimento que se fez no campo dos ‘instrumentos’ culturais. Diga-se em abono da verdade que a Marinha Grande é tão pobre nesse domínio que até confrange!...
(E já agora registo um pensamento de alguém sobre o assunto ‘cultura’ e a que dou absoluto crédito: “Um povo sem cultura é um povo enfraquecido e muito mais vulnerável”.). Assim acontece na nossa terra e, por serem tão evidentes os factos, escuso-me de referenciá-los…
Todavia, apesar do muito que o PS fez, eu também considero que poderia ter sido feito bastante mais, se, sobretudo no último mandato, as coisas tivessem corrido sem tantos sobressaltos inter pares e se se tivessem disposto a ter um pouco mais de ‘vagar’ e disponibilidade para ouvir as pessoas!
E como acho que é muito bom discutirmos as coisas que nos dizem directamente respeito, acho que, tanto o anónimo como o Vitaminose, deram à causa um bom contributo, se retirarmos as picardias orgásticas em que se embrenharam.

Anónimo disse...

acho bem.

Acintoso disse...

Esse assunto da cristalaria não é só pertinente, ele é, sobretudo muito impertinente!...

Vitaminose disse...

Tenho que me retratar perante o Blogue. Realmente respondi à letra e não o deveria ter feito. Mas ... quem não se sente, não é filho de boa gente. E já tive o cuidado de alertar o Administrador do Blogue que há aqui comentários grosseiros que não são retirados e eu sou dos poucos que me assumi: sou do PSD, militante activo.

Ser ofendido por pessoas de baixa estirpe, como já aqui aconteceu variadissimas vezes, leva-nos, por vezes, a baixar o nível.

Comprometo-me a não voltar a fazê-lo.

zé pagode disse...

Se isso é responder à letra vou ali e já venho. Quando alguém se deixa irritar com bitaites imaginem na Assembleia Municipal ou numa reunião de Câmbra. Ainda deve ser pior que o outro quando atirou a cadeira a um municipe. Tolerância laranja do melhor!