.
.

sexta-feira, 30 de novembro de 2007

Boato

Corre o boato na Marinha em Grande que um duo especialista na organização de vagas de fundo sob a capa de eventos gastronómicos, estará a preparar um jantar de apoio ao Largo das Calhandreiras, na FAG.
Caso seja verdade a gerência do LC agradece a atenção, sobretudo se o jantarinho for à pato. Embora a iniciativa nos cheire a esturro, não somos esquisitos e jantamos com toda a gente. Até nos parece que os dois organizadores devem ser boa companhia, devem ter muitas histórias para contar... ó se devem!
A confirmar-se que o dito repasto não passa dum boato, o LC pode adiantar desde já que não se vai ficar atrás da Confraria das Sopas de Bacalhau e vai também marcar um jantar na FAG, em dia, hora e restaurante a anunciar, seguido duma justa e singela homenagem ao ilustre marinhense e patrono deste Largo, o grande poeta Ilídio de Carvalho. No final desse momento solene será feita a entronização de novos calhandreiros e proceder-se-à ao despejo simbólico de um pipo de 100 litros de bom vinho caseiro. Vai um copinho?

7 comentários:

m.s.s. disse...

o quê??? os ratos vão abandonar o navio??? deiem a cara!!! sejam homens e marquem lá esse jantar!!! é o marcas!!!

Anónimo disse...

Então não avançam com o raio do Jantar?? Já ando para sair vai para mais de dois meses!!

zézé camarinha disse...

Tá marcado: almoço na FAG dia 8 (sábado), no restaurante Lampião. Cada um paga o seu. Apareçam que nós lá estaremos.

Confrade disse...

Como aqui ninguém sabe quem é quem (pelo menos eu não sei...), desconheço se o Zézé Camarinha irá estar presente nesse almoço. Eu, cá por mim, lá estarei e com muita honra.
Para quem não souber, ou julgar que esta informação se trata de mais uma imagem reflectida por este espelho calandreiro que é o Fórum do Largo das Calhandreiras, esse almoço vai mesmo acontecer e trata-se de um almoço convívio organizado pela novel Confraria da Sopa do Vidreiro. Como informação adicional, poderei ainda dizer que lá para as 15 horas, mais minuto menos minuto, será prestada uma singela homenagem ao autor das 'Memórias da Marinha Grande', Joaquim Barosa.
Essa homenagem decorrerá no auditório da FAE e constará de uma palestra a proferir por uma pessoa da cultura marinhense.
Convidam-se todos os interessados.

Anónimo disse...

convidem o Henrique Avô para o jantar nunca se sabe que depois da operação Furacão, ele terà que se habituar à sopa do vidreiro.

Chato disse...

Ao anónimo das 1:42PM atrevo-me a dar-lhe um conselho: não fale do que não sabe. Isso só lhe ficará bem.

Anónimo disse...

O futuro é que sabe????