.
.

domingo, 1 de agosto de 2010

A ler Saramago (1)

Aceitando a sugestão do nosso amigo Rogério Pereira, Em "Conversa Avinagrada" Vou sempre que possível, semanalmente publicar um pequeno texto de (ou a alusivo a) José Saramago.


Levantado do Chão

"Um escritor é um homem como os outros: sonha. E o meu sonho foi o de poder dizer deste livro, quando terminasse: "Isto é um livro sobre o Alentejo." Um livro, um simples romance, gentes, conflitos, alguns amores, muitos sacrifícios e grandes fomes, as vitórias e os desastres, a aprendizagem da transformação, e mortes. É portanto um livro que quis aproximar-se da vida, e essa seria a sua mais merecida explicação. Leva como título e nome, para procurar e ser procurado estas palavras sem nenhuma glória-«Levantado do Chão». Do chão sabemos que se levantam as searas e as árvores, levantam-se os animais que correm os campos ou voam por cima deles, levantam-se os homens e as suas esperanças. Também do chão pode levantar-se um livro, como uma espiga de trigo ou uma flor brava. Ou uma ave. Ou uma bandeira. Enfim, cá estou eu outra vez a sonhar. Como os homens a quem me dirijo."

3 comentários:

Carlos Barbosa de Oliveira disse...

Agora, de regresso a Lisboa, também vou cumprir o desafio do Rogério. Excelente a sua escolha.

Rogério Pereira disse...

Folha Seca,

Começar por escolher o primeiro trabalho de Saramago, é um excelente começo. E se Saramago escreve neste seu texto "também do chão pode levantar-se um livro..." levantemos desse mesmo chão, o nosso, a memória de quem o escreveu!

Desejo-lhe uma boa jornada, meu amigo

Flor do Liz disse...

Bom dia,

Vou seguir o apelo, do Sr Rogério Pereira, no seu blog.

" Se podes olhar, vê.
Se podes ver, repara"

José Saramago

Continuação de um bom dia