.
.

quarta-feira, 26 de maio de 2010

Angústias (1)

Nas minhas andanças pela blogosfera, lá vou aqui no largo, bem como noutros blogues que visito com alguma regularidade, deixando algumas opiniões.
Não tendo a certeza de que tudo o que faço, digo e escrevo é o correcto, dei comigo a interrogar-me se esta tendência de estar constantemente a “malhar” no Actual Primeiro Ministro, mal de que padeço desde que o Eng.º José Sócrates conquistou a chefia do PS, é a melhor forma de contribuir para as necessárias e urgentes medidas para o reequilíbrio da situação económica do nosso país.
O problema é que verifico, que vários autores e dinamizadores de blogues (salvo os que por dever de ofício o não podem fazer e ainda os que também por ofício se ocupam em defender o referido, muita vez sendo mais Papistas do que o próprio) que claramente se identificam com o PS do ponto de vista ideológico, estão na mesma saga de bater no homem por tudo e por nada.

A questão que queria partilhar e trazer à discussão é a seguinte: se é verdade que os adversários de José Sócrates e do PS à esquerda e direita os atacam violentamente não tendo pejo em usar todas as armas ao seu alcance, mesmo as que legalmente não são legítimas e não têm preconceitos em usar boa parte da comunicação social, especialmente a que lhe é afecta, mais a promiscuidade existente em alguma área judiciária, para trazer para a opinião publica factos reservados aos tribunais e ao poder judicial. Porque é que muita gente da área de influencia do PS também acaba por ter a mesma atitude. Quem é que está mal?
Desculpem trazer para aqui uma das minhas presentes angústias, mas garanto que tenho muitas outras, que guardo para outras ocasiões.

2 comentários:

Carlos Barbosa de Oliveira disse...

Partilho a sua dúvida~, por isso não encontro resposta, mas que há algo de estranho, isso não tenho dúvida.

Rogério Pereira disse...

Compreendo a dúvida. Vou tentar encontrar a resposta. Prometo. De angústia em angústia rápidamente se chega a uma úlcera igual à minha e isso eu não quero que lhe aconteça...

Por outro lado, é bom sinal ter angústias... é sinal que o nosso neuvegetativo está a reagir...

Vamos ver se posso ajudar!

Abraço