.
.

terça-feira, 1 de abril de 2008

KARAS CALHANDRICES – A REVISTA DOS CHARMOSOS

Separados à nascença? José Magalhães poderá ter um irmão gémeo.

Com o recente caso de Alexandra Lecastre, que ao fim de 41 anos descobriu a existência duma irmã (a jornalista da RTP Ana Ribeiro), ainda bem fresco na memória de todos, eis que a sociedade portuguesa volta a ser abalada por novo rumor. Desta vez trata-se do Secretário de Estado da Administração Interna José Magalhães, que poderá ter um irmão gémeo. Quem o garante é a Irmã Guacira, uma Cartomante Espírita de reconhecidos méritos contactada pelo KARAS CALHANDRICES, a mesma que antecipou que o Jornal da Marinha iria derrubar JBD, e que o alargamento da Zona Industrial do Casal da Lebre seria obra do grupo parlamentar do PCP. Confrontada com as suspeitas (as fotos acima publicadas), Guacira confirma as vibrações que dão como certa a relação familiar de José Magalhães com Alberto Cascalho, presidente da autarquia marinhense, vibrações essas confirmadas pelas cartas. "Elas [as cartas] não mentem" assegura Guaraci.
Confrontado com o rumor José Magalhães mostra-se céptico e questiona: “Se ele é meu irmão gémeo, então porque que é que ainda não mudou para o PS?”

2 comentários:

avatar disse...

São parecidos e como o PS serviu de apeadeiro de tantos comunas que (quase) não me admiraria, mas o presidente interino é dos ortodoxos para ele certamente que o Dalai Lama é um terrorista.

Avatar em Tarrafal, deixaram-me por cá…

p.s. O jantar de reconciliação é para os socialistas?!
Parece-me que sim… (???)
A coisa vai animar... escusam de trespassar o blog...

Anónimo disse...

Apesar de ontem ter sido o dia das mentiras, eu acreditei na informação que me deram. Mais uns fornos se apagaram nas vidreiras marinhenses. A Canividro arrefece e apaga os fornos.
Poucos meses antes, um dos sócios lideres do projecto Canividro/Mandata, compra a ex- Marividros e monta uma nova vidreira, ao que dizem a produzir o mesmo que a sua agora encerrada empresa.
O Sindicato hibernou para as garrafeiras e para a Atlantis e vai tentando manter acesa a chama anti-Sócrates, ao mesmo tempo que nem pia em relação à Câmara liderada por Comunistas, Sindicalistas e PSD's reformados.
Fora a Câmara PS e teríamos os correios invadidos, os autarcas apedrejados, os acampamentos montados, os insultos em aparelhagem com estereofonia.
E assim vai a Marinha. Marividros, Dâmaso, Canividro são a face visível de um apagão na nossa memória colectiva.
Mas a culpa é do preço do gás e pronto, a gente cala-se.