.
.

quarta-feira, 1 de abril de 2009

FIM

O Largo das Calhandreiras termina hoje as suas emissões regulares a partir deste espaço que foi um fórum de discussão diário de muitos marinhenses (e não só), ao longo de mais de três anos de serviço público e de uma quantas piadolas.
Correspondendo a um convite endereçado por um importante e prestigiado jornal regional de grande tiragem, o Largo das Calhandreiras passará a ser “servido” a toda a região através de um suplemento semanal dessa publicação.
Reconhecidos a todos quantos contribuíram generosamente com as suas visitas e com os seus comentários para a divulgação e para o enriquecimento deste Largo, o nosso reconhecido obrigado, esperando que passem a ser nossos leitores semanais no novo espaço comunicacional.
Gratos pela vossa atenção, deixamos o nosso caloroso abraço, sublinhado o prazer que tivemos na companhia de todos, sem excepção, ficando no ar a inevitável pergunta: é tão bom, não foi?


10 comentários:

raticida eficaz disse...

Os ratos começam a abandonar o navio!!!.......
O dinheirinho fala mais alto não é????

Anónimo disse...

1º de Abril. Quase que me apanhavam.

Cláudio Tereso disse...

alguém perdeu uma boa oportunidade para ficar calado. mas quem não mostra a cara/nome pode-se dar ao luxo de dizer asneiras à vontade.

Anónimo disse...

boa anónimo ! Quase que ia tendo um ataque....amanhã cá te espero bom largo.

Anónimo disse...

Claro é que é resultado do dia que vivemos.

Como podiamos viver sem o espaço mais clarividente e informado da Marinha Grande ?

Um braço para todos os calhandreiros e sobretudo para o boss

fonte próxima da comissão de moradores disse...

Aqui não há boss. Aqui é como no PC, é o COLECTIVO!

anarcabe disse...

Fui bem apanhado.

Parabéns.

Wolverine disse...

Será que o nosso amigo raticida é o confiante disfarçado?

Ás tantas ainda foi a correr a dar a "boa nova" aos seus mentores... :)

Pirolito Incendiário disse...

Não pensem em acabar. Até vos deitava o fogo!...

folha seca disse...

Ainda bem que não abri ontem o largo(e não foi com medo do tal virus)distraído como sou ainda acreditava e teria passado um dia triste... este blog faz muita falta.