.
.

sábado, 7 de fevereiro de 2009

Bitaite da Semana


Anacleto Fontaínhas disse...


Vejo, com muita apreensão, que a um assunto com a importância que tem o focado nesta notícia, poucos parece terem 'ligado'!
Pelo menos é o que me leva crer a caixa de comentários completamente vazia!!

Será que os marinhenses têm bem presente o que, de facto, representa para o nosso concelho (para não falarmos já na região) a nossa Mata Nacional?
Por ventura teremos todos presentes que a gestão privada desta Mata, que é nossa, poderá por em risco muitas das coisas que hoje vivemos livremente, como seja, por exemplo, usufruir daquele espaço e, mais do que isso, sentirmo-lo como nosso ao ponto de aí podermos colher lenha e caruma?
Dir-me-ão que cada vez há menos gente a dedicar-se a estas coisas tão prosaicas e quase dignas de livros das memórias marinhenses!
Admito, mas deixem-me ser 'velho-do-Restelo' quando afirmo que, se hoje (já) há pouca gente a ir 'apanhar pinhocas', poderá não vir longe o dia em que esse número aumente consideravelmente!

Mas, mesmo sem atendermos a esses aspectos que até poderão ser de somenos, não será uma afronta (mais uma!), retirarem-nos o prazer histórico de sentirmos aquele espaço como nosso?

Mas que gestão moderna é esta que nos vem amputando do pouco que tínhamos?
Mas que iluminados gestores temos nós que, sentados algures na selva de cimento da capital e sem que, presumivelmente, aqui tenham vindo alguma vez a não ser em raide automobilístico, vão amputando esta Mata a que chamamos, com todo o carinho, 'O Pinhal do Rei', ao ponto de ela ser, já hoje, uma sombra do que foi no passado?

Como se poderá explicar que, durante anos e anos e até ao último quartel do século passado, a Mata tenha tido capacidade para suportar um corpo de técnicos superiores de relevante qualificação, guarda própria, dezenas de trabalhadores diários, serviços de serração, oficinas de manutenção, uma rede viária significativa (infelizmente deixada deteriorar) e hoje esteja na iminência de ser entregue a privados, para exploração?
Haverá, com certeza explicações para este estado de coisas, só que, a um leigo como eu, são muito difíceis de entender!

Jamais nos foi convenientemente explicado por que razão foram daqui, da Marinha Grande, retirados os serviços florestais, colocando-os em Santarém!...
(Que saibamos a mancha florestal existente no Ribatejo não é, em nada, comparável à que aqui existe!).
Será que essa decisão foi tomada no sentido de tornar a gestão florestal mais eficiente? Se sim, então permitam a um leigo como eu que deixe uma pergunta: Se era essa a finalidade, porque razão os resultados não apareceram?... Bem ao contrário, do nosso ponto de vista! O que se vê é uma floresta dotada ao abandono, ou quase, pois nada do que então existia, hoje existe!

Diz-se, na notícia, que as Câmaras de Marinha Grande e de Leiria estão contra este eventual projecto da tutela. Acho muito bem que estejam, assim como concordo com a ideia que ali se aflora de que a Câmara da Marinha Grande venha a reivindicar a gestão deste espaço que, afinal, ocupa a parte maior do seu concelho!

Por tudo isto e que muito me surpreende é que, acerca deste estado de coisas, nem uma palavra tenha havido por parte dos nossos comentadores calhandreiros!
Vejo, com muita tristeza, que se ‘babam’ à volta de politiquices baratas e balofas, mas quando se trata de comentar coisas realmente sérias e graves… …!!

2/07/2009 1:24 AM

5 comentários:

Anacleto Fontaínhas disse...

Meus caros,
Agradeço a referência, sobretudo pela relevância do assunto.
Creiam que estou sinceramente chocado!
Abraço
Anacleto Fontaínhas

anarcabe disse...

Meu caro, pela mesma razão não comentei. Desde há duas semanas que se nota um fulgor irreal em relação ás Matas Nacionais, pior ainda em relação ao Pinhal de Leiria, temo que se esteja a criar algum "loby" regional para tomar conta do que é de todos, vamos ver se os neoliberais de pacotilha não estão metidos no embrulho. Pessoalmente não admito sequer a privatização da limpeza das matas, quanto mais a venda. Assumo que irei ás últimas consequências...

Anónimo disse...

Mas alguem no seu perfeito juizo acha que será o "dream team" da nossa CMMG que irá fazer a limpeza e manutenção das matas? Leiam bem as leis antes de começarem a intoxicar as pessoas.....

pú disse...

Então diga lá caro amigo, quais são as leis? Que é para eu não ser intoxicado por esses malandros intoxicadores......

Céptico disse...

E será que as tais leis respondem aos problemas que o Anacleto Fontaínhas aqui trouxe, e bem?