.
.

terça-feira, 6 de maio de 2008

Missão Impossivel

Afinal a visita de João Baião Pedrosa (Pereirita para os amigos) ao povo irmão de Cuba, ao contrário do que alguns invejosos querem fazer crer, é crucial para o desenvolvimento da Marinha. A visita do nosso action man faz parte dum importante plano da autarquia para melhorar a qualidade de vida de todos nós. “Porquê?” perguntam vomecêses. E perguntam bem, porque o Largo das Calhandreiras vai revelar toda a verdade.
Com base em informações confidenciais a que tivemos acesso, estamos em condições de assegurar que, seguindo o bom exemplo e conselho do pioneiro presidente da câmara da cidade irmã/germinada de Vila Real de Santo António, o nosso presidente em exercício enviou Pereirita a Cuba para negociar um acordo de prestação de serviços de cirurgia oftalmológica. O jovem vereador vai mandatado para negociar um pacote de operações a serem realizadas naquele país democrático, a problemas de visão há muito sentidos pelo executivo vodka-laranja. A falta de visão, as vistas curtas e enevoadas são alguns dos principais sintomas sentidos. O vereador Autocolante terá já mesmo desabafado: “não estou a ver nada!”, ao que foi apoiado pelo vereador Serguey “ó menina, aponte aí a minha declaração de voto: faço nossas as palavras do camarada Autocolante, também eu não estou a ver nadinha!”. Embora o presidente em exercício se queixe de ver um fantasma que o acompanha em permanência, o problema deverá ser encaminhado pela chefe de gabinete para Mestre Fati, uma vez que se crê tratar-se não dum problema oftalmológico mas antes duma alma penada que ameaça atazanar-lhe o juízo até ao dia da renúncia final.
Caso o negócio se concretize, os edis marinhenses, sob a desculpa duma nova germinação, deslocar-se-ão a Cuba para ali serem intervencionados, prevendo-se que tal aconteça ainda antes das próximas eleições. Os médicos não garantem contudo que os pacientes alguma vez venham a ver alguma coisa, mas pelo menos não custa nada tentar.
Quem parece que também não perdeu a oportunidade para acompanhar esta importante missão foi a repórter Alice no País das Maravilhas que está a preparar mais um espisódio da saga “Um dia frenético com gente séria e trabalhadora, que toma decisões difíceis e cafeína em quantidades insdustriais, resolve problemas complicados, levanta-se cedo, deita-se tarde e não bufa...”. Segundo conseguimos apurar, a famosa repórter, que vê mais com um olho do que eu com estes dois que a terra há-de papar, deverá ainda aproveitar a ocasião para marcar uma consulta para o rei dos media, a ver se o rapaz começa a abrir os olhos.
.

6 comentários:

Anónimo disse...

eh eh eh eh eh... esta está com muita piada!!
Ou senhor Zézé, mas á mais que deviam fazer a operação sem ser os senhores da cãmara!!!

Anónimo disse...

Que concelho é este em que o vereador das pastas da Educação, Cultura, Desporto (noutros concelhos governados pela CDU são as mais importantes e estratégicas):

- se chama pereirita e até finge não perceber o carácter de facto diminutivo com que as pessoas o utilizam ?

- chega depois do meio dia para almoçar e sai cedo para "reuniões"?

- não acompanha nenhuma acção dos seus pelouros, de acção prioritária ao fim de semana?

- é disc jokey e principal folião dos bares na Praia que a comissão a que pertence quer encerrar mais cedo?

- que começa os seus discursos com a frase "estou um pouco nervoso" ?

- não tem um unico projecto ou obra para apresentar dos seus quase 3 anos de mandato?

E pensar que ainda lhe pagamos ordenado....E carro? E agora viagens a Cuba? A função pública está mesmo de rastos...

Acintoso disse...

Ainda falta muito para o ano que vem?

Desapontado disse...

Sem interesse!

Curioso disse...

Olha, já vi que o 'Desapontado' está aqui, está com uma corda ao pescoço! Coitado do homem, para ele já nada tem interesse...

Anónimo disse...

Ganhem vergonha e falem do que sabem! Cambada de invejosos!