.
.

sexta-feira, 29 de maio de 2009

ah, compreendi-te, afinal a escola dos Irmãos Stephens serve para formar vidreiros para a hotelaria, turismo, electrónica e afins...

5 comentários:

anarcabe disse...

Infelizmente é só para o que serve a escola.

De vidro nada, rien, népias. Os governos não gostam do vidro... só dá aborrecimentos e chatices, os vidreiros são umas melgas, só querem trabalhar e ter empregos, não querem ser precários no trabalho, nem na remuneração. Ainda por cima protestam e reclamam e ainda levantam calçadas e batem nas pessoas, caramba que chatos...

Vamos tentar ter uma escola com cursos de vidreiro e de vidro a sério, sem vergonha, sem dogmas, para que as novas gerações sintam o que é o calor do vidro.

Anónimo disse...

Boa tentativa... mas não chega para disfarçar que o M. Portas não sabia ao que vinha. Desde quando é que a EPAMG tem alguma coisa a haver com a Fábrica Escola?

anarcabe disse...

Desde sempre utiliza os seus edifícios, por exemplo.

Cá para mim o "anónimo", não sabe o que é a EPAMG, nem onde fica, ou qual é a sua directora/fundadora.

Será que sabe quais os cursos leccionados na EPAMG? Será que sabe que lá estudam 50 alunos de cabo-verde, ao abrigo de acordos com Câmaras municipais?

será que...

Anónimo disse...

lol... boa boa... e será que é o melhor que consegue? pois, é difícil se ainda fosse para uma cena de TV's, poesia pedir ajuda ao M. Portas.

anarcabe disse...

????????????????????