.
.

quinta-feira, 13 de dezembro de 2007

Pasatempo "Fora do Baralho"

Inspirado pelo seu camarada neo-liberal e seguidor da política do quanto pior melhor e da defesa do grande capital, J. Busha, J. Barbas mandou fazer, para distribuir pelas suas tropas neste Natal, um baralho-passatempo com apenas quatro cartas, são os quatro ases que representam os quatro demónios à solta no seu partido, os quatro infiltrados sem “estatura moral e sem competência política” que aproveitaram a abertura do partido para fazer o trabalhinho que a PIDE não conseguiu. As regras do passatempo são simples e funciona por níveis. No primeiro nível J. Barbas fornece as pistas para a descoberta do ás de ouros e deixa os restantes três ases para serem descobertos ("quebra-cabeças"). Quando todas as cartas forem identificadas passa-se ao segundo nível. Neste nível ("banho de sangue") os ases são colocados num alvo iniciando-se uma sessão de dardo. Ganha o passatempo quem primeiro acertar dez vezes seguidas no olho esquerdo da figura do ás de espadas. Didáctico não é?
O Largo das Calhandreiras associa-se à inicitiva e oferece a colecção completa da magnífica obra "JBD - as Entrevistas Envenenadas", em DVD, aos primeiros quinhentos calhandreiros que adivinharem os outros ases. Não vale batota!

9 comentários:

Pirolito brincalhão disse...

Como eu ando longe dos mentideros marinhenses!
Já tinha ouvido falar de um jovem assim, mas tenho a dita de nem sequer o conhecer...
Ao que me dizem ser a forma de pensar e de agir do tal rapaz do brinco e atendendo à idade que ele tem, devem ter começado a lavar-lhe o miolo desde muito novinho. Agora os outros que o aturem.

Anónimo disse...

As Espadas - José Luis
As Paus - Saul Fragata
As Copas - Luis Guerra Marques

Folha Seca disse...

Caro administrador do FLC

Sem querer fazer qualquer critica ao excelente trabalho que tem sido feito neste blog, gostaria de lhe chamar a atençõe para o seguinte:

Este passatempo pode levar a uma situação muito perigosa, porque a coberto do anonimato vão certamente aqui aparecer nomes provenientes de vinganças e invejas de pessoas mal formadas.

Sou daqueles que apesar de nada (no presente já longiquo) ter a ver com o PCP, reconheço que ainda há muita gente séria no seu seio e que lá estão para defender os seus ideais( certos ou errados) e não gostaria de ver aqui nomes de gente séria apontados como culpados (que os há... há)Não se esqueça que entre eles há alguem que cometeu uma das mais miseráveis traições( a tal gravação) e esse alguem certamente que tudo fará para desviar a atenção de si.

As minha desculpas por este reparo e continuem a manter este excelente blog.

Anónimo disse...

Se os nomes ou figuras que vieram a lida neste blçog forem fihguras ligados ao PS, o Sr. Administrador apagaria o post.
Enfim!É a independência Srs.

Anónimo disse...

Gente mal formada...pés chatos também vale?

avatar disse...

Bons Dias, mais uma vez as minhas desculpas por não parecer mais vezes.
Muito trabalho aqui pela câmara, vamos meter uns engenheiros e uns doutores e ando à volta dos concursos. Podiam perguntar: mas não haviam demasiados engenheiros? Haviam, mas estes que vamos meter são camaradas, coisa diferente.
Então e ninguém diz nada das nossas obras? Invejosos…
Foram 12 + 2 anos terríveis para a Marinha mas nós estamos no trilho certo mesmo com um presidente interino que nada decide, mas cá estou eu, hoje de amanhã licenciei uns telheiros sem o aval do comité central, afinal tratam-se de uns telheiros ou quando chegar o barracão do E.Leclerc é logo aviado, afinal trata-se de um barracão.
Ah! Bom jogo de cartas que me estão a chamar nas obras, não sabem quem de quem é um projecto que cá está faz um ano amanhã, dizem-me que é de um socialista.
Bom avatar.

pcp. uma das cartas sou eu mas o Duarte já me perdoou, tanto que ele disse: "3 ou 2", eu sou o 3

FLC disse...

Folha Seca,
o seu reparo e sugestão foram registados. Estamos atentos a quem fizer "batota". Agradecidos.

Anónimo disse...

Amigo Folha Seca se não gosta não joga!!

Anónimo disse...

isto anda fraco... nada de novo! continuem a tentar!