.
.

sábado, 11 de dezembro de 2010

FIM

Ilidio Duarte de Carvalho
.
.
«Quem nasce, morre!», frase da mais tradicional filosofia, que estoicamente deveria ser compreendida e abraçada, mas que, por fórma alguma, serve de lenitivo na Dôr cruciantissima dos que amam profundamente o ente que passa, que desaparece, que vai para a terra algida, para a decomposição, para o Nada!
A Marinha Grande, acaba de sofrer um rude golpe. A Perca, no seu lúgubre indiferentismo, ceifou-lhe uma Vida cara, arrebatou-lhe a mais solida energia, levando em seus braços descarnados para o Insondavel a Alma mais pura, o Coração mais nobre, o Cerebro mais bem formado!

Sim, Ilidio Duarte de Carvalho, aliava aos seus mais cativantes dotes de espirito, a sublimidade de fino Poeta, de Prosador cintilante, caustico sem chegar à ofensa, satirico cauteloso, sem produzir os laivos da indignação, por parte dos atingidos.
A sua pena, energica por vezes, comovedora na maioria dos casos, deu-lhe os foros, de mais ampla justiça, de primeiro intelectual marinhense.
E «O Imparcial» honra-se em ter dado à publicação uma das suas mais sentimentais produções - talvez a ultima - o sonetilho inserto em o numero 3, produzido já quando gravemente enfermo, demonstração do seu extremosissimo afecto pelo netinho, afecto que ia até à maxima idolatria.
Era um chefe de familia exemplar, um sabedor guarda-livros, um amigo dedicado, um marinhense ilustre, entre os ilustres!

Ilidio Duarte de Carvalho deixou toda a sua obra escrita. Representa ela um monumento literario que não póde ficar inedito. A Marinha Grande pela sua Câmara deve-o tornar publico, imprimindo-o e fazendo-o chegar ás mãos de todos os marinhenses, especialmente dos que as terras madrastas procuram o sustento quotidiano, e isto para que os vindouros possam conhecer e lembrar um lirico da sua terra, uma preclarissima intelegencia que soube elevar entre os primeiros o rincão onde viu a luz e cuja terra o cobriu.
É um grandioso Dever que se impõe e a que urge dar a mais rapida execução.

Ilidio Duarte de Carvalho era enciclopedico.
Poeta como musico, ele foi a alma da Serenata Marinhense, um dos Grupos mais perfeitos e mais afinados do distrito de Leiria e que deixou os creditos bem firmados na sua rutilante epoca, e funda recordação nos poucos que ainda hoje vivem e que dela fizeram parte.
Ilidio Duarte de Carvalho foi o herdeiro da bandeira da Serenata, mimo a que ele dedicava o holocausto duma sagrada reliquia e que cobriu, por sua vontade expressa, o caixão que guarda os seus restos mortais.
Escreveu para diversos jornais e para o teatro; para este a revista «Coisas da Minha Terra», que foi representada ha dois anos e que - coincidencia extraordinaria - teve a sua estreia em 10 de março de 1923, baixando á sepultura o corpo do autor em 10 de março de 1925.
Ilidio Duarte de Carvalho fez parte da Comissão Instaladora do Concelho, foi presidente da Câmara e administrador do Concelho, cargos que exerceu com a maxima imparcialidade e a contento de toda a gente.
Ilidio Duarte de Carvalho deixa o nome bem vinculada ao seu torrão natal. Espiritualmente não morreu. Na mente de todos os seus patricios, na alma literaria e nos corações dos numerosissimos amigos, ele revive sempre, envolto em saudosas lembranças da sua verve, das suas anedoctas, da sua fraternal convivencia e dos seus sabios e prudentes conselhos.
Vive espiritualmente; e no leito frio onde o seu corpo repousa, nesse sono profundo de onde não mais se volta, nós, frementes de crença, fazemos votos para que o descanço em que jaz não seja perturbado e que eolicas harmonias e canticos angelicais envolvam a sua Alma de poeta empirico, indomita domadora das Musas, rainhas do Pernaso!

A sua familia, e especialmente a Ilidio Pereira de Carvalho, que necessariamente ha de seguir os exemplos de seu amantissimo pai, enviamos a expressão sincera do nosso profundo pesar pelo passamento do ente querido, cuja falta não será menos sentida pela Marinha Grande, que tambem se envolveu em crepes, pranteando a grande perda do seu maior intelectual.

Antonio A. Santos


in: O IMPARCIAL - Nº 8
de 15 de Março de 1925

73 comentários:

Anónimo disse...

O Largo das Calhandreiras

acabou. Foi um blogue fantástico, das melhores coisas que se fizeram na Marinha Grande (quiçá no país) nos últimos anos. É com muita tristeza que recebo esta notícia e, neste momento, só me resta tirar o chapéu e agradecer a quem lá escreveu.
Obrigado!

João Paulo Pedrosa

Lágrimas de crocodilo ?

Anónimo disse...

Também li essa prosa do ilustre Deputado da Nação.Lágrimas de crocodilo e hipocresia ao seu melhor estilo demagógico.De quem nos mete no coração e por traz nos dá facadas nas costas todos os dias.Com gente desta não vamos a lado nenhum.

Anónimo disse...

Típico!
JPP no seu melhor.
Se alguém tinha dúvidas sobre a capacidade contorcionista desta personagem carreirista, pode agora apagá-las.
Este artista vai longe...

Municipe Atento disse...

Talvez não!

Talvez não sejam lágrimas de crocodilo, acredito que sejam verdadeiras, apesar de ter havido alguns arrufos.

Anónimo disse...

É bem certo o ditado,
ATRÁS DE MIM VIRÁ QUEM BOM ME FARÁ

Largo das Calhandrices disse...

Este blogue sempre foi muito fraquinho. Ainda bem que acabou pois não deixa saudades nenhumas.

Anónimo disse...

De facto, para quem se propunha dar continuidade ao trabalho realizado pelo Largo da Calhandreiras durante 5 anos. Recorrer à provocação gratuita é no minimo lamentável e atesta a fragilidade moral dos seus autores, para quem eventualmete tivesse duvidas.

O curioso disse...

Somos os editores do Largo das Calhandrices. Quem colocou o comentário do dia 19.12.2010, as 21.21 nada tem a ver com aquele largo sendo uma clara tentativa de o denegrir. Sempre tivemos e temos o maior respeito por este largo pelo que repudiamos quem possa tentar fazer passar-se por nós.

Anónimo das 9:52 disse...

Senhor curioso
Há qualquer que não bate certo... então quantos nicks, "largo das calhandrices" existem? Das duas uma, ou há pirataria informática ou o sr. está a querer tomarmo-nos por parvos.

O curioso disse...

Como o anónimo deverá saber, ao fazer o registo para aceder a um blog, coloca-se o nick que se quiser. São coisas diferentes usar um nick e usar um email, este sim exclusivo. O único que usamos é "O curioso". Não há pirataria informática, apenas utilização de nome indevido.

Largo das calhandrices disse...

Para que dúvidas não existam, o nick inicialmente usado foi este que tem "calhandrices" com o "C" em letra minúscula ao passo que quem está a tentar usar o mesmo nome usa o "C" com letra maiúscula. Passámos a usar o nick "O curioso".

Anónimo disse...

Boa tentativa...
Já dei demasiado para esse peditório...

O curioso disse...

Até lhe digo mais, já dei instruções ao meu advogado para apresentar uma queixa por usurpação de identidade.

Anónimo disse...

Nunca pensei que o outro largo pudesse estar a causar tanto transtorno a este. Tenho pena que este tenha descido tão baixo.

Anónimo disse...

Acho que eles já esclareceram isso. Parece que há quem esteja a querer alimentar uma guerra. Não será nem culpa deste nem do outro mas de gente mal intencionada.

Anónimo disse...

Não acham que está na hora de mandar este blog abaixo? Dizem que vão acabar mas continuam on-line. Mandem isto abaixo de uma vez por todas ou então continuem. Irra!

Anónimo disse...

Pois
Não chega o funeral, mais o enterro. Já agora mandem uns trocos e faz-se a cremação e vai-se levar a cinzas ao Penedo da saudade. Será que assim os que demonstram estar aterrorizados com a hipotese de haver por aqui alguma reencarnação, ficam tranquilos?
Mas a quem poderá incomodar um cadáver de alguem que morreu com dignidade. Só a quem não está com a consciência tranquila e teme... teme, por ser desmascarado...

Vento Norte disse...

A bordo do TGV, algures entre a decepção e a esperança.

A morte estava há muito anunciada, lia-se nas entrelinhas ou na falta delas. Pelos menos desde os finais do ano passado. Depois, ainda ensaiaram umas soluções bem-intencionadas, como quem quer a coisa, mas não quer, infelizmente mal sucedidas. Improvisaram reforços, esforçados alguns, mas sem a alma e o carisma, o mesmo brilho que os originais tinham trazido ao LC.
Parecia que a Comissão de moradores estava tão ansiosa por passar a bola como a Direcção do ACM, ou o MCI de má memória, sobretudo depois da bronca na Vieira. Só que não se entende a razão do abandono, que não pode apenas derivar do cansaço duma Comissão de Moradores que foi capaz de lhe dar vida e de manter o LC como blog de referência. O Largo das Calhandreiras, estou agora com o nosso Deputado da Nação, ganhou vida própria na qualidade e na diversidade dos post, mas sobretudo, e aí está o seu real valor, nas resmas de comentários que se lhes colaram.
Ficou uma sensação de vazio, porque havia temas lançados à discussão, alguns de forma sublime, que de outro modo não apareceriam para reflexão ao comum dos cidadãos, a quem, uns a favor, outros contra, neste espaço era permitida em total liberdade, ora comentar ideias, ora simplesmente ler os comentários e aferir opiniões. É claro que num blog que permite o anonimato, convivemos com os incómodos dos abusos de liberdade por parte, quer dos pobres de espírito, quer dos que desejam evoluções e objectivos que não têm coragem de confessar. Mas até essas, ao contrário da intenção, de tão evidentes tiveram o condão de iluminar espíritos e facilitar a lavoura que é separar o trigo do joio.
Não se percebe como pode o cansaço justificar a falta de continuidade e a morte dum blog, ao que parece, colectivo, que tanto mérito obteve. Quanto a mim, poderia perfeitamente coexistir com os projectos individuais que se lhe seguiram, sobretudo refiro o “Conto do Vigário” , um projecto superior na blogosfera mas que certamente não esgota a enorme qualidade literária e crítica do seu autor ao ponto de lhe impedir o contributo ao Largo das Calhandreiras, ainda que a espaços. E os restantes que me dispenso de nomear, por onde andam agora?
Apesar das razões invocadas e das evoluções à volta deste desfecho, de toda a poeira que ainda persiste, perante este festim de ilusionistas, farsantes, carpideiras e do que mais a seu tempo se verá, perante esta enorme frustração dos seguidores espoliados, pergunto se, apesar de tudo, vão conseguir resistir ao apelo de dar continuidade a um espaço que, por tudo e por mais que não digo, tem renovadas razões para prosseguir e é insubstituível?
Depois desta tirada, apetece-me dizer como o António Silva: Eu não tenho palavras; Eu não tenho vinho…E desejar a todos os que ainda por aqui passam, um Natal em Paz, e que a tradição desta vez nos traga como presente, saúde, discernimento, sabedoria e a vontade com que ajudaremos a construir um amanhã melhor.

Flor do Liz disse...

Boa tarde,

Ah Grande Vento Norte.

Bom Natal

Leitor devidamente identificado disse...

Caro Vento Norte,
quase na mouche!!!
Subscreveria integralmente a sua leitura não fosse um pequeno pormenor e, como sabe, o diabo está nos pormenores.
Um dia a história encarregar-se-à de o desvendar.

Bom Natal e não perca a esperança num mundo melhor.

Vento Norte disse...

Caro Leitor devidamente identificado

Não é dúvida que há muito não me assalte. Faz todo o sentido.
Se assim for, de acordo com a formação britânica do inspirador, o nosso maior poeta, concluo agora: “Elementar, meu caro Watson”!
Se for certa a minha aposta, dou os meus parabéns ao autor.
Bom Natal.

Anónimo disse...

Desejo à Comissão de Moradores do Largo um bom 2011 com votos de que retomem rapidamente este blgue pois faz muita falta.

José María Souza Costa disse...

Passei aqui lendo o que tem pra ler. E observando o que tem para observar. E Exaltando o que tem de ser Exaltado. Estou lhe desejando um Tempo de Harmonia e de muita Inspiração. Entendo ter um blogue Agradavel, muito bom e Interessante. Eu, também tenho um. Muito Simplório por sinal. E estou lhe Convidando a Visitá-lo e, mais. Se possivel Seguirmos juntos por eles. Estarei Muito Grato esperando por Você lá.
Abraços de verdade e, fique com DEUS

José Sousa disse...

Oi queridos amigos Colhandreiros!
Este seu artigo está muito interessante, gostei mesmo. Sempre venho ler-te mas nem sempre tenho tempo para comentar. Bom ano pra você. beijão em seu coração.

ai ai disse...

Meus caros
Com toda a legitimidade, decidiram pôr fim a este excelente blogue, depois de durante 5 anos se tornar uma excelente forma de discutir os assuntos da nossa terra e não só.
A criação à pressa duma coisa a que chamam blogue com todo o oportunismo que se conhece, não passa duma imitação reles, daquilo que este blogue foi.
Não seria de ponderar a reactivação do Largo das Calhandreiras? Se repararem continua a receber um numero considerável de visitantes e mantem um numero considerável de seguidores.
Peço-lhes em meu nome e certamente que muitos outros leitores me acompanham, que ponderem essa possibilidade. É que faz falta!
Cumprimentos

FLC disse...

Amigo Ai Ai

agradecemos e registamos as suas palavras.

Anónimo disse...

Estou de acordo a 100% com o Ai Ai, recativem o blogue por favor.

Mário

Anónimo disse...

foi com grande grande prazer que ao passar por aqui a caminho dos 2 bloghes que derivarm deste que vi que havia cometarios novos, eu at+e pensava que estava mesmo fechado. Isso vamos lá a reactivar eata coisa. Ainda acreditei que podia ser substituido. Mas o outro até mete nojo. Sério mete mesmo.

Atento disse...

Em 06/ 12/ 2010
o numero de visutante do largo ( des teo legíto era de de 138.383. deois de cessar actividade este momento é de
Continua...

Atento disse...

Neste exatco momento o numero é de 144 136
Quem quizer que tire conclusões e não se ponha a fazer conclusões.

Mas eu faço. Mais de 5.000 visitas a u blogue morto, encerrado, fechado... em 6 meses, nem o <<<<<<Elvis Presley...

Saudoso (não saudosista) disse...

Um blogue pode servir para muita coisa, sem dúvida que o Largo das Calhandreiras (não confundir) serviu durante muito tempo para nos manter informados. Nem sempre a nível de comentários asssim foi. Mas no fundo foi um forum que promoveu um discussão frutuosa. Não há imitação para o que é inimitável.
De acordo com a sua reactivação.

Eu sei de muita coisa disse...

Não reactivem o belogue. Se o fizerem vão sofrer as consequências. Depois não digam que eu não avisei.

Anónimo disse...

Já chegamos a isto?

Anónimo disse...

Ái que medo...

Anónimo disse...

Será que esse ameaçador comentarista faz parte da Al-Kaeda cá do sítio?
Só não se sabe se vai ser à bomba, ou a tiro.

Anónimo disse...

Fechem lá esta merda!

Anónimo disse...

O largo das calhandreiras encontra-se de facto em estado de coma. Mas parece que mesmo assim incomoda alguns energúmenos. Medo que desperte?

MISTERIOSO disse...

DEPOIS DO VERÃO PODERÁ HAVER NOVIDADES

Anónimo disse...

Bora lá, pá,sem medes!
Há para aí umas coisas que precisamos de falar.

ANÓNIMO MAS NÃO MUITO disse...

Porque hoje tive um dia livre e o tempo não está grande coisa. Entretive-me a dar uma volta aqui pelo nosso largo "sim o nosso".
Ri e chorei. Visitei umas dezenas de posts e talvez centenas de comentários. Que saudades. De facto este largo foi uma coisa bonita, util, inimitável e insubstituível. Estará mesmo morto? Não fará sentido voltar a dar-lhe vida? acho que sim. Faz muita falta!

Anónimo disse...

Apaguem esta merda....!!!

Flor do Liz disse...

Estou a ver que este blog incomoda alguns, mas afinal, o que é que os preocupa?

novidades das boas disse...

Então não é que o Grizalheiro (Paulo Tojeira) no seu perfil do blogger tem como "os meus blogues", um blogue chamado Grizalheiro (coincidente com o nome de perfil) e um outro que dá pelo nome de Largos das Calhandrices? Quem diria...
(clique no nome/URL acima "novidades das boas" e confira)

Anónimo disse...

Ó novidades das boas,

o gajo já apagou isso do perfil. Pelos vistos está com a consciência pesada.

Anónimo disse...

A verdade vem sempre ao de cima. Um dia quando este episódio lamentável for conhecido, certamente que se conhecerão os motivos que levaram a um dos actos de oportunismo mais nojentos que no campo da blogosfera forma cometidos. Macaquinhos de imitação (sem ofensa aos macacos,que demonstram ter mais dignidade)
"Nojento". Mesmo!

Anónimo disse...

Penso que vocês estão todos enganados. Como é isso possivel se ele andou às turras com o Curioso por causa do Tocandar?

Anónimo disse...

Precisamente por isso, deixou de participar. Zangam-se as comadres e descobrem-se as verdades, por enquanto só parte dela foi posta ao sol.

Anónimo disse...

Vamos lá esclarecer.
Para se ter no perfil de bloguer o acesso a um blog. É necessário que o administrador desse blog forneça a senha de acesso. Não há outra forma. A não ser que o Dr.Paulo Togeira para além da sua polivancia conhecida tambem seja pirata informático.
Era bom que o próprio, esclarecesse e que o Macaco Curioso tambem...

Anónimo disse...

era bom, era...
seria...
não acredito que tenham essa coragem

Anónimo disse...

Pois, as comadres zangarm-se e agora, vai demorar que tudo se esclareça, não há Sol.

Anónimo disse...

Até parece que já não se recordam do célebre episódio da cassete, quando "um infiltrado" gravou o João das Barbas nas reuniões do PC. Há quem afirme que foi obra do homem do bombo e que ainda há mais material que nunca viu a luz do dia (diz que).

Anónimo disse...

O Largo da Macacada é uma vergonha!

Anónimo disse...

Enquanto o outro material está escondido e que haja luz, conte a história da cassete que eu não conheço e gosto de estar informado.

Flor do Liz disse...

Olá,
Parabéns, ontem este Largo fez 6 anos, ainda continua com a porta entreaberta, porque não reabri-la de novo? É que nós seguidores persistentes, também fazemos parte dele e, gostaríamos de ser presenteados, façam-nos esse gosto.

Um abraço á Comissão de Moradores

Anónimo disse...

Fechem esta merda de vez....!!!!!

Flor do Liz disse...

Gostava de saber, porque é que esta m.... , mesmo calada, incomoda tanto, do que é que tem medo?
Abaixo a intolerância!!!

Anónimo disse...

Este blogue está morto e enterrado. Está na hora de fazer a história para que toda a gente saiba da verdade.
A verdade é que um grupo de pessoas iniciaram este belogue imbuidos do espírito de fazer qualquer coisa pela terra, até ao dia em que alguns deles, por covardia e por pressões de certos senhores que hoje estão à frente e alguns atrás da câmara, decidiram começar a empurrar para fora aqueles que não aceitavam essas pressões, até que conseguiram o objectivo final, acabar com o largo. Já não interessava porque a câmara já não era CDU mas já era PS. Uma pouca vergonha e uma afronta aos que queriam ser livres. Acabou-se a democracia e no melhor pano caiu a nódoa.
Foi por isso que algumas pessoas que aqui estavam, sobretudo uma de grande qualidade de pensamento e de imaginação e que era de certa forma a alma deste largo, decidiu fazer um novo blogue, imune a pressões e a compadrios e comadres. Como diz o poeta, não há machado que corte a raiz do pensamento e foi por isso que hoje se celebra o aniversário de um blogue de gente livre, que não se deixa pressionar por certos senhores e que pensa pela sua cabeça. De tudo fizeram para que esse projecto não fosse avante, pois doía muito dar a conhecer a verdade, coisa que aqui se fazia no início e que depois deixou de se fazer Começaram por criticar o nome, vejam bem. Para que saibam a verdade, o nome deste blogue foi imaginado pela mesma pessoa que teve a coragem de levar o outro adiante, contra ventos e marés, a bem da verdade e do pensamento livre.
Viva o Largo das Calhandrices e muitos parabéns pelo belo trabalho que têm feito em prole da terra, desmascarando os Álvaros, os Tozes, os Pedrosas e outros que tais.
Então e o porquê deste blogue continuar aberto e com comentários? Para poderem denegrir quem é livre e quem pensa pela sua cabeça. Tenham um pingo de vergonha e desapareçam de vez. Deixem de envenenar o verdadeiro largo que faz um ano de vida e remetam-se ao vosso terreno, o mesmo das minhocas, no lodo e na lama.
Outro dia contarei mais um pouco do que sei. Posso garantir que sei muito de certos e determinados senhores, Ventos do Norte, Vinagretes, etc, etc, etc e outros reçabiados que traíram causas para depois se virem para aqui pavonear. Haja vergonha…..!!!!

Anónimo disse...

É UMA VERGONHA! CAMBADA DE PALHAÇOS!

Anónimo disse...

Francamente! Haja decoro.
A quem pode um blog que deixou de ter actividade mas que contém parte da história (sua e da nossa terra) disponível online pode incomodar?
Não há necessidade de ataques a quem não se dá ao trabalho de se defender, tal a cobardia de quem move ataques tão mesquinhos.
Tristeza

Anónimo disse...

Parece haver para aí alguma "gentalha" assim pró cagadinha com medo que haja por aqui algum "ressuscitar..."

Anónimo disse...

Zangam-se as comdres, descobrem-se as verdades...

Flor do Liz disse...

Desejo a todos um Santo e Feliz Natal, com Paz e Amor.

Faço votos, que no próximo ano, já estejam abertas as entradas deste Grandioso Largo e que saibamos coexistir uns com os outros, como antigamente.

Um abraço fraterno a todos

Anónimo disse...

VOLTEM POR FAVOR. MAIS DO QUE NUNCA A MARINHA PRECISA DE VÓS!

Anónimo disse...

Embora saiba que "fecharam a loja", continuo a passar por aqui todos os dias na esperança que ressuscitem.
Concordo em 150% com o que disse o anónimo anterior. Voltem rápido e em força!

Maria José

Anónimo disse...

FECHEM ESTA MERDA! JÁ!

Anónimo disse...

Também por aqui passo muito vez com a esperança de um dia ver este blog renascer. Mas enquanto vou mantendo essa esperança, até porque faz falta (eu e outros amigos da largo, o autentico) também há um energumeno que o faz. De que tem medo?
Saudações.

Anónimo disse...

Ainda não foi desta que encontrei o Largo aberto.

Anónimo disse...

May I personally find out you are by Qld? You actually could be seen as a strong Aussie
:0)
Feel free to surf my web blog : happymoods.info

Anónimo disse...

Effectively, your article will be your best topic
on this registry relevant concern. We remain in ones ideas all
of which will thirstily anticipate a person's coming improvements. Merely stating thank you will not only be all you need, to the incredible lucidity as part of your crafting. Let me at once get ones rss to keep current with any kind of revisions.
my site: Genital warts Home treatment

Anónimo disse...

http://prixviagrageneriquefrance.net/ vente viagra
http://commanderviagragenerique.net/ viagra prix
http://viagracomprargenericoespana.net/ viagra precio
http://acquistareviagragenericoitalia.net/ acquistare viagra

Anónimo disse...

Astigmatism comes about when light - weight focuses unevenly at going to be the retina. It often caused on the basis of going to be the cornea at least crystalline lens relating to the hurricane because they are ugby ball?shaped. isglasses.com

Anónimo disse...

http://achatcialisgenerique.lo.gs/ cialis acheter
http://commandercialisfer.lo.gs/ acheter cialis generique
http://prezzocialisgenericoit.net/ cialis ricetta medica
http://preciocialisgenericoespana.net/ cialis

Uouo Uo disse...


thank you

حراج السيارات