.
.

quinta-feira, 18 de setembro de 2008

Tarifa de Disponibilidade V - "Os Melgas"


Será que esta coisa já está actualizada de acordo com isto? Ou será que se dão ao luxo de ter coisas desactualizadas num site novinho em folha? Estamos em crer que vamos continuar sem respostas? Paciência…
A propósito, estes gajos da SIC são uns chatos do caraças, sempre a falar da mesma coisa!… Irra que já chateia!

2 comentários:

Pirolito pagante disse...

Cuidado ó Melgas que um destes dias a gajada irrita-se e pode usar Xeltox...
E não é que esta tarifa enfadonha e desconcertante parece estar de pedra e cal? Ainda hoje recebi mais uma das simpáticas notas a propósito com que os serviços resolveram brindar os pobres e indefesos consumidores!!...

Wolverine disse...

Meus caros, tal como havia dito anteriormente, esta tarifa veio pela mão do Cartel dos Municípios.

Ora, uma vez que o Governo parece não saber como resolver a situação, tem que ser o Estado(que somos todos nós) a tomar este assunto em mãos e através da divulgação à opinião pública exigir que a moralidade seja reposta. Como disse o jornalista na peça da SIC, a tarifa de disponibilidade é a mesma coisa que um supermercado cobrar ao cliente só por estar aberto...

O irónico da situação é que no caso da Marinha Grande, que tem um executivo que "defende" os interesses dos trabalhadores, cobra a esses mesmos trabalhadores uma taxa que é imoral e que denota uma total falta de princípios de quem tem responsabilidades.

O vil metal, sempre o vil metal é que está na base do problema...