.
.

terça-feira, 9 de junho de 2009

Ah, pois é!...


Dois dias depois do descalabro da CDU na Marinha Grande, o PCP publicou no seu blogue os resultados eleitorais no concelho, a seco, sem qualquer comentário. É natural, perderam nas três freguesias e não há como dar a volta. Ou então, talvez tenham interiorizando a lógica dos argumentos do secretário geral em relação a mais uma vitória do PCP e tenham percebido que a população das três freguesias, fartas do descalabro da desgovernação PCP/AA (ex PCP/PSD), lhes tenha mostrado um valente cartão amarelo avermelhado. Ou será que a lógica do argumentário que vale para o governo da nação já não vale para o governo do concelho?
Afinal parece que não foi só o hotel Altis que esteve às moscas. A pensão também esteve...


29 comentários:

Anónimo disse...

Fui ver o sítio da CDU e observei as fotos dos cabeças de lista para as autarquias e fiquei baralhado.
Com aquelas caras de pau, eles já tinham adivinhado os resultados?
Eu não acredito em bruxas, mas que as há, lá isso é verdade!!

Anónimo disse...

Realmente estão todos muito sérios, mas presidente da AM está é zangado. Com quem será ?

analista disse...

Olhando para os dados que o FLC nos permite ver, não fico com a ideia clara de quem sofreu um descalabro, senão vejamos a comparação das europeis de 2004/2009:

CDU: 2535 para 2528 (perderam 7 votos)

PS: 5177 para 3002 (perderam 2175 votos)

Anónimo disse...

Para um partido de militantes que vota cegamente independentemente das pessoas e das ideias, como é o caso PCP, ter apenas 2500 votos de protesto anti Socrates é manifestamente pouco! Afinal alguem sabe distinguir o que esta Camara pos Barros Duarte trouxe de novo? Tudo igual ou mesmo muito pior..o algodão não engana

Anónimo disse...

O PCP penso que está a escamotear a votação das ultimas Autarquicas, porque, como todos sabem, uma grande componente foi a votação em Barros Duarte. Votaram nele cerca de 6 ooo votantes e foi destituido apenas por 3 pessoas de forma unilateral, pelo Comité Central. Não podemos esquecer, também que o voto no pcp e fiel, pelo que se avizinha nas próximas eleiç~es uma verdadeira derrocada...
Esperem para ver!?..

anarcabe disse...

Querem comparar? então aqui vai em nº de votos, não sei porquê mas é mais real, um voto/uma pessoa.

2004 / 2009

PS 5177 / 3002 men 2175 votos
CDU 2535 / 2528 men 7 votos
PSD/CDS 2118 / em 2004
PSD 2089
CDS 526
"PSD/CDS" 2009-2615 mais 497 votos

BE 762 / 1900 mais 1146 votos

Ainda a ter em conta mais 2752 inscritos e colocaram voto em urna mais 173 pessoas, do que em 2004.

Ver os números em pessoas e não em percentagem, ajuda a perspectivar as coisas de outra maneira, para mim mais humanista.

Estamos perto do objectivo, estou em convicto, vamos conseguir.

O que quer dizer que trabalho vê-se aqui, não nos jornais, como aliás sempre referi. Há pois é...

Pessoa, eu? disse...

O Futuro de Portugal

O que calcula que seja o futuro da raça portuguesa?
— O Quinto Império. O futuro de Portugal — que não calculo, mas sei — está escrito já, para quem saiba lê-lo, nas trovas do Bandarra, e também nas quadras de Nostradamus. Esse futuro é sermos tudo. Quem, que seja português, pode viver a estreiteza de uma só personalidade, de uma só nação, de uma só fé? Que português verdadeiro pode, por exemplo, viver a estreiteza estéril do catolicismo, quando fora dele há que viver todos os protestantismos, todos os credos orientais, todos os paganismos mortos e vivos, fundindo-os portuguesmente no Paganismo Superior? Não queiramos que fora de nós fique um único deus! Absorvamos os deuses todos! Conquistamos já o Mar: resta que conquistemos o Céu, ficando a terra para os Outros, os eternamente Outros, os Outros de nascença, os europeus que não são europeus porque não são portugueses. Ser tudo, de todas as maneiras, porque a verdade não pode estar em faltar ainda alguma cousa! Criemos assim o Paganismo Superior, o Politeísmo Supremo! Na eterna mentira de todos os deuses, só os deuses todos são verdade.

Fernando Pessoa, in 'Portugal entre Passado e Futuro'

Almada, eu? disse...

Cultura e Civilização

Uma mesa cheia de feijões.
O gesto de os juntar num montão único. E o gesto de os separar, um por um, do dito montão.
O primeiro gesto é bem mais simples e pede menos tempo que o segundo.
Se em vez da mesa fosse um território, em lugar de feijões estariam pessoas. Juntar todas as pessoas num montão único é trabalho menos complicado do que o de personalizar cada uma delas.
O primeiro gesto, o de reunir, aunar, tornar uno, todas as pessoas de um mesmo território é o processo da CIVILIZAÇÃO.
O segundo gesto, o de personalizar cada ser que pertence a uma civilização é o processo da CULTURA.
É mais difícil a passagem da civilização para a cultura do que a formação de civilização.
A civilização é um fenómeno colectivo.
A cultura é um fenómeno individual.
Não há cultura sem civilização, nem civilização que perdure sem cultura.

Almada Negreiros, in "Ensaios"

Freud, eu? disse...

A Eleição Narcísica dos Ideais dos Povos

As pessoas estarão sempre prontamente inclinadas a incluir entre os predicados psíquicos de uma cultura os seus ideais, ou seja, as suas estimativas a respeito de que realizações são mais elevadas e em relação às quais se devem fazer esforços por atingir. Parece, a princípio, que esses ideais determinam as realizações da unidade cultural; contudo, o curso real dos acontecimentos parece indicar que os ideais baseiam-se nas primeiras realizações que foram tornadas possíveis por uma combinação entre os dotes internos da cultura e as circunstâncias externas, e que essas primeiras realizações são então erigidas pelo ideal como algo a ser levado avante. A satisfação que o ideal oferece aos participantes da cultura é, portanto, de natureza narcísica; repousa no seu orgulho pelo que já foi alcançado com êxito. Tornar essa satisfação completa exige uma comparação com outras culturas que visaram a realizações diferentes e desenvolveram ideais distintos. É a partir da intensidade dessas diferenças que toda a cultura reivindica o direito de olhar com desdém para o resto. Desse modo, os ideais culturais tornam-se fonte de discórdia e inimizades entre unidades culturais diferentes, tal como se pode constatar claramente no caso das nações.

Sigmund Freud, in "O Futuro de Uma Ilusão"

Estupefacto disse...

Estes gajos são bué de cultos...
Foram eles que votaram em branco?.

anarcabe disse...

Não, votaram no Bloco! hehehe

Curioso disse...

Boa piada Anarcabe...

Já agora aquela 2ª Candidata(eleita) (Marisa qualquer coisa) Tem algum problema de linguagem? É que vi-a várias vezes na Televisão mas nunca a ouvi dizer nada, tá bem que o sorriso(e não só) dela é muito lindo e um sorriso vale por mil palavras... mas?

Anónimo disse...

Por um se ganha por um se perde!

Marinha Grande, Vieira e Moita = PS

Os Marinhenses não são estupidos!

Nas Autarquicas ainda vai ser Melhor.

Este espécie de executivo cdu+psd, tem os minutos contados.

anarcabe disse...

Caro curioso, é natural que não a tenha ouvido dizer nada. Para ouvir é preciso querer ouvir...e quando se não quer...

Mas ouviram muitas mulheres e muitos homens da Marinha Grande, foram o suficiente para agora.

Anónimo disse...

Nem com o Sindicato Vidreiro a fazer campanha descarada nas empresas lá foram...!!

Anónimo disse...

Incrível! O PS perde mais de 2000 votos e canta de galo. (será o canto do cisne!)
Em 2004 o especialista do PS Marinha em contas (João Cruz) fez uma extrapolação dos resultados das europeias para as autárquicas - o PS ganhava com 5 vereadores eleitos - veio a perder as eleições com 3 vereadores eleitos. Que tal fazer com menos 2000 votos a menos …

Anónimo disse...

Isto parece uma discussão de futebol ou então dos putos "o carro do meu pai é melhor do que do teu".

LOL

zircónio disse...

Também concordo que: por um se ganha, por um se perde!

E mesmo perdendo votos o PS ganhou na Marinha Grande, Vieira e na Moita.
Quanto aos Marinhenses não serem estúpidos!
Vamos ainda ver, se realmente nas legislativas e nas Autárquicas vai ser igual, melhor ou pior.
Este espécie de executivo cdu+psd, já não tem minutos!
Tem apenas 4 anos: de incompetência, intolerância, prepotência, má formação e muita, mas muita falta de visão e o dobro de muita camaradagem, malandragem e fidelização partidarização dos mesmos.
Quando são o partido com mais irregularidades apontadas pelo tribunal de contas.
Quando se intitulam os protectores dos desempregados, dos descontentes, dos oprimidos e dos pobres!
Que tal esta cdu/pcp com sede/ loja (3000€) com sindicatos a fazerem-lhe a campanha e uma campanha com novos cartazes semanais em todos os cruzamentos e rotundas deste Portugal e ainda pendões nos postes, aqui no que sobra da nossa Marinha, ainda tivemos direito a 6 cartazes junto ás mesas de voto ( só o chiquinho da manta não viu! Para mandar retira-los ou fechar as mesas de voto ) gastaram milhões de euros nesta campanha, uma fortuna vergonhosa.
Que tal fazerem menos cartazes e alugarem lojas mais baratas, para depois terem para dar aos descontentes e aos oprimidos.
Porque aos desempregados e aos pobres deste Concelho nunca lhes deram nada, nem vão dar!
Esta cdu/pcp é só bla bla bla bla bla, ou melhor, foi !

Viva a Marinha Grande!

PS: a tal Marisa Bonita, não precisa falar, vai para Bruxelas servir de contra peso, devido à 1ª eleita da cdu/pcp, que mais parece a traseira do comboio de lata, na subida do alto dos picotes!

Anónimo disse...

A CDU que até há bem pouco tempo era a segunda força politica na Freguesia da Vieira ficou-se pela 4ª posição a 67 votos do BE, a 142 do PSD e a 234 do PS. A CDU que se cuide para as autárquicas, vai ser uma banhada daquelas...
o Sr."Eu", candidato à Junta já deu provas do que vale 0 (zero) o trabalho da Câmara na Freguesia foi menos que nada

Curioso disse...

Caro Zicornio

Não está a confundir o Parlamento Europeu com uma passagem de modelos?

De facto a Marisa aí bate aos pontos a 1º eleita do PCP(e olhe que eu até não gosto dela)mas a Senhora até tem trabalho feito e é reconhecida como das mais produtivas deputadas e deputados, mas pelos vistos o meu caro confunde trabalho com beleza(já agora para não haver confusões tambem lhe digo que não votei no PCP.

Já agora para o Anarcabe(obrigado pelo "esclarecimento" mas olhe que eu estive muito atento e até fiz um esforço para a ouvir, apenas não fui a nenhum comicio onde eventualmente a Srª falasse...mas pronto,fique lá com o seu deslumbramento... que eu fico com a minha curiosidade em saber qual a lingua que a srª fala.

Anónimo disse...

Dá-me ideia que ela não chegou onde chegou por "falar muito bem"

Tem outros atributos melhores

e qundo são "bem" utilizados ...

anarcabe disse...

Tanta gente "ressabiada"! Mas o que é que se passa? AS eleições já foram dia 7.

Eu já estou na senda das legislativas.

Acalmem-se, fiquem serenos, eu sei que custa, a verdade das coisas dói sempre.

Se querem ficar mais esclarecidos, podem ir a:

http://be-marinha-grande.blogspot.com/

Desculpem qualquer coisinha...

folha seca disse...

Já agora um momento de humor, que isto está a ficar muito "serio"


http://www.youtube.com/watch?v=Php8prfwg7Y

Milan Kundera, eu? disse...

O Futuro Não é Garantia de Competência

Creio apenas saber que o romance não pode já viver em paz com o espírito do nosso tempo: se quer ainda continuar a descobrir o que não está descoberto, se quer ainda «progredir» enquanto romance, só pode fazê-lo contra o progresso do mundo.
A vanguarda viu as coisas diferentemente: estava possuída pela ambição de estar em harmonia com o futuro. Os artistas de vanguarda criaram obras, corajosas é verdade, difíceis, provocatórias, apupadas, mas criaram-nas com a certeza de que o «espírito do tempo» estava com eles e que, amanhã, lhes daria razão.
Outrora, também eu considerei o futuro como único juiz competente das nossas obras e dos nossos actos. Foi mais tarde que compreendi que o flirt com o futuro é o pior dos conformismos, a cobarde lisonja do mais forte. Porque o futuro é sempre mais forte que o presente. É ele, de facto, que nos julgará. E certamente sem qualquer competência.

Milan Kundera, in "A Arte do Romance"

o olho do cuco disse...

com tanta douta "opinação" até dá gosto revisitar este sítio onde se aprende a valer.
voltarei. sempre.

Anónimo disse...

Curioso talvez o facto da banhada que a cdu levou e o ainda facto o ps local, ter ganho 3 a O, que bonito ou será bonita marca.

Quanto ao resto não importa.

Fica na borda do prato.

Anónimo disse...

É, de facto, “estúpido deixar que os outros decidam por nós”. Acontece, porém que em eleições a abstenção é um direito. Estúpido mesmo é querer obrigar as pessoas a não abdicarem de um direito.

Wolverine disse...

Não caro anónimo...estúpido mesmo é o facto de pessoas que se abstenham de ajudar a tentar levantar este país (ou de fazerem algo) depois passem o tempo a falar mal do Governo, ou do Presidente da República... isso sim é estúpido.

Anónimo disse...

Somando as abstenções os brancos e os nulos....
esta conversa aborda um universo de marinhotos que cabem num blog...