.
.

sexta-feira, 30 de outubro de 2009

DISCOS PEDIDOS

- Boa tarde ouvinte. Com quem estou a falar?
- Olá eu sou o Rei das Massagens. Posso dizer a frase?
- Adiante D. Telles.
- “Novo Rumo”.
- Ó D. Telles, olhe que a frase não é essa!...
- Tá bem eu digo, táva a ver se passava. “A equipa que arregaça as mangas”. Posso pedir a música.
- Força jovem, até parece que se engasgou!...
- Queria ouvir aquela da Adelaide Ferreira, o “Quem perdeu foste tu só tu e nunca eu”.
- Ah, “O Papel Principal” da Adelaide Ferreira, é isso?
- Pois...
- E quer dedicar a alguém, Alteza?
- Quero dedicar ó jovem Inginheiro Nando Labareda, aquele que saiu de Campanheiro Mor por razões pessoais e que agora quer... quer... quer música.
- Ok D. Telles, fica o seu pedido e volte sempre.
- Obrigados.
- De nadas...


5 comentários:

Anónimo disse...

O D.Telle levou uma banhada na Moita.Levou com seis na pá...
Ele que se dedique mas é à pesca.E dê lugar a pessoas simples.A politica não é uma passadeira de vaidades e de graçolas.Para a próxima vão ser sete e então desaparecerá de vez o tal D.Telles.

A Verdade disse...

Foi um acidente ou foi a Comissão de moradores que eliminou os bitaites do post anterior?.

anarcabe disse...

Tenho lido atentamente os ditames de alguns, que aborrecidos, ultrapassaram tudo o que era admissível. Vai daí...delete.

Penso que desta acabaram os anónimos, a ver vamos.

Vento Norte disse...

Vai aqui porque não entra noutro lado.
Então o esclarecimento da mudança vem ou não vem?
Todos percebemos que a roupa estava cada vez mais suja e os detergentes cada vez mais poluentes. Aqui no Largo, ao lado do placar dos éditos e das proclamações instalou-se também a eira das descamisadas e o lavadouro da aldeia, onde a água já tresandava pior que a da Ribeira dos Milagres e do Lis em dia da descarga.
Bem sabemos que o estaminé esteve à venda e ninguém arrematou, mas não se iludam, esta Trombeta falante, ou Simplex da Má-língua, tem uma função muito importante de que já não podemos ser privados. É preciso é que a Comissão de Moradores dite as regras e atente na educação de alguns arautos para o respeito pelos limites ténues da liberdade e do decoro, das regras de boa convivência.
Mas não nos tirem a má-língua e o escárnio. Denunciar a xico-espertice e rir, são um bom elixir para os dias difíceis que todos enfrentamos. Uns mais que outros.

chaburreco disse...

Aonde estão os anonimos registem-se.
Vamos continuar a postar a Marinha Grande agradece.