.
.

quinta-feira, 12 de julho de 2007

Mas também temos barracas

Não é só contentores, também temos barracas, é uma arquitectura tipo abarracada.


13 comentários:

Curioso disse...

Não reconheço este local!
Podem ser um pouco mais específicos?

Ze do Foprno a Potes disse...

Oh, pessoal! Se isto é em S. Pedro de Muel vejam se arrumam a rua depressa para a Presidenta passar com a procissão do S. Pedro no dia 29. Olhem que faltam só 16 dias, 16 horas, 14 minutos e 26 segundos ... 25 ... 24 ... 23

Anónimo disse...

Qual Presidente?...ela parece mais uma Regedora tipo controleira lá da praia do jet7...
No que S.Pedro se tornou...

Cusca disse...

Mas afinal do que é vocês estão prái a falar. Que raio de conversa que não me deixa perceber nadinha!
Vá lá façam um jeitinho e expliquem as coisas direitinho. Não deixem uma pessoa práqui a roer o sabugo.

Zé do Forno a Potes disse...

Oh! Cusca!
Mas aonde é que tens andado?
Só tu é que na sabes ca nossa Presidenta , quer dizer, a nossa primeira dama, é a governanta das festas de S.Pedro?
Vê lá se apareces no dia 29 ó pé da capela pra pegares na vara do pálio ó pra levares o andor do S. Pedro.
Se tens algum projecto embicado na Câmara é bom que leves opa vestida na procissão.

Anónimo disse...

Ora então vocês não sabem...aquilo é já a barra pró tirinho das festas do dia 29... já tou a ver a Presidenta a gritar:
"OH JEITOSO...VAI UM TIRINHO"... "QUEM ACERTAR NO ALVO LEVA UMA FOICE E UM MARTELO EM PURO LATÃO VIRGEM"
"OH SÔR ARTUR VAI UM TIRINHO"
"...TU AÍ OH LECAS ANDA CÁ EXPRIMENTAR"

Anacrónico disse...

Paródia à parte (deixem-me cá ser desmancha prazeres... sim que isto da calhandrice até dá um certo gozo!), eu tenho de dizer, em abono da verdade dos factos, que esta ideia de reactivar as festas em S. Pedro de Moel é uma coisa de louvar.
Por isso, tenham elas sido promovidas pela 'primeira dama', ou não, isso pouco interesse tem, pois o que importa é que se traga alguma vida e esta praia.
Está, por isso, de parabéns a Comissão que pôs mãos à obra.
Como é natural, nem tudo irá correr bem nesta (nova) primeira vez, mas para o ano as coisas já correrão melhor, seguramente.

Já agora aproveito esta oportunidade para abordar um outro assunto também relativo a S. Pedro e que me vem a preocupar há já algum tempo.
Refiro-me ao 'parque' de brinquedos do Bambi. Tenho verificado o estado crescente de deterioração que ele vem sofrendo. Ainda tive a esperança de que, com a melhoria que foi feita na zona próxima (que até está bastante bem), também aquele espaço fosse contemplado. Engano meu. Dos quatro balouços que ali existiam já só resta um e, mesmo esse, colocado a uma altura tal que os mais pequeninos só com ajuda lá conseguem chegar.
Alguns dos outros brinquedos estão inoperacionais, o chão está sujíssimo e a reclamar por nova areia e o fontanário que ali existe (existiu??), há muito já que deixou de desempenhar as funções que era suposto desempenhar, uma vez que está avariado e sequíssimo…
Que diabo, será que teria ficado assim tão pesado ao erário camarário o arranjo daquele espaço?
Assim como ele está, não só não serve condignamente as crianças, mas também fica a dever muito às condições higiénicas que são exigíveis para recintos com aquela finalidade...
Pede-se um pouco de mais atenção para este tipo de coisas. É certo que são ‘minudências’ que poucos votos darão, mas, seguramente, elas contribuirão (e muito) para a qualidade de vida da nossa população!!

Zé do Forno a Potes disse...

Caro Anacrónico

Pessoalmente, só tenho metido a colher neste blog porque apesar da brincadeira, creio que todos têm estado com um olho nas questões mais sérias.
É claro que a festa, independentemente de ser, ou não,a D.ª Maria Isabel Duarte a dar o empurrão, pode ajudar a dar uma nota pitoresca ao verão de S. Pedro, que tem estado num marasmo por culpa de alguns figurões.
A questão que levanta sobre o parque infantil do Bambi também me preocupa, pois um dia destes magoa-se lá um miúdo e ficamos todos muito chateados de na termos feito nada.
Quem sabe se o TZF do jornal da marinha na podia fazer uma reportagenzita a chamar a atenção de quem de direito?
Quanto à festança, lá estarei a dar uns tirinhos ...

Anónimo disse...

Então caros "calhandreiros" vocês não sabem que a festa organizada pela Presidenta é para angariar fundos pra esses arranjos todos e para mais alguns que vocês nem sonham...
Vocês pensavam que o "pilim" era pró Padre... ora... ora...
Ainda se fosse pra festa do avante!!!!
Se calhar vocês pensavam que a Presidenta brincava em serviço...
puro engano meus caros...

zé do forno a potes disse...

Pois... há muito a fazer: por exemplo, devolver á frontaria da capela a imagem da Pietá, que foi destruída a mando dos xuxas no consulado do Órfão, quando "limparam" o adro da capela para o casório do filho do grão-mestre da Confraria da Sopa do Vidreiro. Agora estão todos calados que nem ratos ...

Anacrónico disse...

Essa da retirada 'compulsiva' da Pietá da frontaria da capela de S.Pedro nunca foi uma coisa bem explicada...
Houve umas desculpas (muito) esfarrapadas, que nunca colaram, e mais nada!
De entre as muitas lacunas que o executivo anterior teve, relativamente a S. Pedro de Moel, essa foi uma delas e a não menos notória.
Oxalá a Pietá volte ao lugar que lhe é devido.
Vamos lá ver o que é que vai fazer a Câmara de JBD quanto a esse assunto e... não só, é que S. Pedro de Moel tem sido preterido desde há tantos anos (!) que já são horas de começar a fazer alguma coisa para a sua reabilitação.

Anónimo disse...

Então mas esta festa não tinha sido organizada o ano passado pelo Dos Santos Victor, e vem agora a presidenta dizer que vai reativar a festa, entao e o esforço do Sôr Victor, ou já o estão apor de lado.
Tu não te fiques ò Victor, ou quando se trata dos comunas e das suas barracas e contentores já não escreves para o jornal.

Admirado disse...

Que ganda BOCA!...