.
.

terça-feira, 26 de junho de 2007

E você, onde vai passar as férias de 2007?

Na página principal do site da CMMG existe um espaço denominado "Vox Populae" onde os visitantes são convidados a responder a um inquérito fechado (com respostas pré-definidas). Este tipo de consulta, sem quelquer espécie de valor científico, é muito utilizado em sites, blogues, etc, e permite auscultar a "opinião pública". A pergunta que é feita no site da câmara é a seguinte: "onde tenciona passar as férias de verão de 2007" (?)






Se clicar-mos no botão "estatística" (por baixo do formulário) temos acesso aos resultados verificados até ao momento da consulta e à seguinte informação: "agradecemos a sua participação neste inquérito. Informamos que o mesmo é de carácter indicativo e serve apenas para fazer uma análise geral à opinião dos munícipes"






A pergunta parece surgir naturalmente: mas para que é que a CMMG quer saber onde os seus munícipes vão passar férias? Será que tem alguma coisa a ver com as praias do concelho ou com as cidades geminadas?


Que a CMMG questionasse os seus munícipes sobre o trabalho por si desenvolvido, ou sobre as expectativas dos munícipes em relação à sua terra, ou sobre se concordam ou não com a extinsão da TUMG, ou se concordam ou não com o encerramento do SAP, ou se concordam ou não com a manutenção do "mercado velho", ou se concordam ou não com... (tanta coisa!) Agora quererem saber se vou passar as férias em casa, no estrangeiro ou se não tenho férias, não lembra ao diabo!


Bem, nós por cá perguntamos às pessoas sobre o mercado velho e sabem quais foram os resultados?


Talvez sirva de inspiração!...

4 comentários:

Anónimo disse...

Pena a resposta estar pré defenida senão responderia:
Vou passar férias no mês de Julho, primeira quinzena, ao contentor/retrete que a Cambra instalou em S.Pedro de Muel. Na segunda quinzena, vou acampar pra porta do Parque de Campismo da Praia da Vieira, já que estas iluminárias que estão na Cambra parece que perderam as chaves...ou foi a Camarada que esteve lá o ano passado que ficou com elas?

Anónimo disse...

Só nos faltava esta no site oficial da Câmara.
Quem teria sido o autor desta parvoice?
Té aposto que foram ideias trazidas pelo Vereador que regressou agora do estágio/lavagem ao cerebro em Cuba.
Camarada Fidel, mas pouco Fiel

Anónimo disse...

Essa da Camarada ter também levado as chaves do Parque de Campismo da Vieira para mim é nova. Que ela tinha "ferrado o cão" à Câmara já se sabia..
mas ter levado as chaves essa não... isto tudo é mais que motivo pra uma queixa ao Comité Central e a consequente expulsão do Partido..
Por menos a Camarada Zita foi porta fora.

P. Renato disse...

A propósito de J. Carreira (aqui referido num post anterior), lembrei-me desses comentários quando na Visão da semana passada li uma carta escrita pela filha do falecido eurodeputado do PCP, Joaquim Miranda.
A este propósito, refiro também um post escrito no blog "Alhos Vedros ao Poder" (http://alhosvedrosaopoder.blogspot.com/2007/06/absolutamente-demolidora.html)

"A carta de Ana Paula Miranda, filha de Joaquim Miranda (falecido em 17 de Junho de 2006), publicada esta 5ª feira na Visão e que acaba assim:


«Foi há um ano que a minha mãe, profundamente indignada, só decidiu permanecer no PCP por solidariedade com a "família" que honra a bandeira que acompanhou o meu pai.
Foi há um ano. E hoje, permanecendo comunista por opção ideológica, tenho a certeza dos motivos que me levam a não me inscrever neste Partido Comunista Português, onde não encontro postos em prática os valores com que cresci.»

Como se vê, não somos apenas nós que coiso e tal.
Então se esta jovem - comparada connosco é ainda uma miúda - vivesse no nosso concelho e conhecesse a nomenklatura do poder moiteiro ainda lhe dava uma coisinha pior.
É que, em muitos casos, criticar a praxis de certos acomodados, sempre de crocodilo ao peito e réban nos ólhinhos, não é ser anti-comunista.
Muito pelo contrário."

Cá, como lá, os tiques são os mesmos.