.
.

quarta-feira, 3 de janeiro de 2007

Ano Novo...

Pediu-me o Sr. D. Arrebispo D'Almarrubra que em nome do FLC formulasse votos para 2007. Ora, efectivamente, só hoje regressei do sul, da companhia das "ingalesas" e por conseguinte só agora me é possivel cumprir o seu desejo. Pois com todo o respeito, o Poderoso que me perdoe (e o Arrebispo que me absolva), desejo que 2007 não seja mais um ano de oportunidades perdidas nem de enganos (ver vídeo com atenção - trata-se duma bela metáfora). Que tudo corra lindamente e que a gente se vá por aqui encontrando.
E já agora, mais vale tarde do que nunca, Boas Festas... no corpo todo!


2 comentários:

Anacronico disse...

Olá Zézé Camarinha...
Talvez tenham sido as tais 'ingalesas' e as suas actividades ocupacionais, mas o que é certo é que o meu caro Zézé nos brindou com material já um pouco velhote.
Mas desculpa-se pela intenção…
Quanto aos seus votos de boas festas, cá por estas bandas não se compreende muito bem por que carga de água é que sua eminência o Arrebispo o deveria ter incumbido a si, um impenitente pecador, para os desejar à urbe!...
Será que o Arrebispo ficou contaminado com o ‘tal’ vírus e entrou em letárgica meditação?
Ou será que se está a penitenciar-se pela falta de coragem em encarar o ‘pagode’?
Enfim. Desconfio bem que jamais o saberemos…

Bom Ano também para si e, sobretudo, para todos aqueles que tinham, tal como nós, a esperança de que o Fórum do Largo das Calhandreiras fosse, na Marinha Grande algo de diferente e distante do ‘déjà vu’ que é um dos ‘calcanhares de Aquiles’ das coisas que acontecem na nossa desditosa terrinha!!…

Anónimo disse...

o largo tá morto! parece o executivo camarário.