.
.

sábado, 8 de novembro de 2008

Então como é que vai essa "saúde"?

(Acta nº 25 - Reunião Ordinária da Câmara Municipal da Marinha Grande realizada no dia 15.11.2007 2007 e no dia 16.11.2007)

(…)

1 - PEDIDO DE SUSPENSÃO DE MANDATO DO SR. PRESIDENTE DA CÂMARA


1547 - Presente pedido de suspensão de mandato datado de 07/11/2007, apresentado pelo Presidente da Câmara, Sr. João Barros Duarte, pelo período de 365 dias, por motivo de doença devidamente comprovada por atestado médico apresentado e arquivado na Secção de Recursos Humanos desta Câmara Municipal.

A Câmara apreciou o pedido, e tendo em conta que o motivo apresentado se enquadra no previsto no art.º 77º, n.º 3, alínea a) da Lei n.º 169/99, de 18 de Setembro, alterada e republicada em anexo à Lei n.º 5-A/2002, de 11 de Janeiro, delibera aceitar a suspensão do mandato do Presidente da Câmara, Sr. João Barros Duarte, pelo período de 365 dias. Esta deliberação foi tomada por maioria, com 3 votos a favor e 3 abstenções dos Srs.
Vereadores do P.S..


Será que após 365 dias o Sr. João Barros Duarte já resolveu os problemas de saúde? Os munícipes gostariam de ter uma atenção por parte de quem os representa, mais não seja, por uma questão de educação. Ou será que só servimos para votar?

2 comentários:

Acintoso disse...

Se o senhor continuar doente, isso vai ser uma péssima propaganda para os ares de S. Pedro de Moel!
Então como é que se pode vender a imagem dos 'bons ares' da nossa 'sala de visitas' se quem lá vive ou lá passa boas temporadas não encontra aí remédio para os males de que sofre?
Ou será que a doença não é tanto física, mas mais do foro psicológico? Inclino-me para este último caso, já que o senhor deve ter sofrido o mais rude golpe da sua vida com o tratamento de ponta pé que recebeu por parte dos seus pares(?), após tantos anos de cega dedicação à causa?

Anónimo disse...

ò acintoso! Um ponta pé no "sitio" não provoca problemas psicológicos...