.
.

terça-feira, 28 de novembro de 2006

Os Grandes Marinhenses

No seguimento de inciativa anteriormente lançada, retoma-se de novo a discussão sobre “Os Grandes Marinhenses”.
De forma a simplificar essa discussão, enriquecendo-a com contributos mais objectivos, reformula-se a ideia original e propõem-se cinco grandes áreas: CULTURA, CIÊNCIA, DESPORTO, POLÍTICA e SOCIEDADE. Em cada semana, o FLC indicará a área de discussão, convidando todos quantos o desejarem a dar a sua opinião pessoal sobre o marinhense que mais se evidenciou, ou tem evidenciado, nessa área.
Certos de que quanto mais contributos houver, mais rica se torna a discussão e maior o contributo para o conhecimento das figuras mais ilustres da nossa terra, devolvendo-as à nossa memória colectiva e dando testemunha do nosso sincero reconhecimento. Fica o desafio.

Esta semana o tema é:

CULTURA
Escrita, música, pintura, escultura, teatro…
Quem é para si o marinhense que mais se distinguiu ou tem distinguido nesta área?
Vamos enaltecer os GRANDES MARINHENSES!

7 comentários:

Anónimo disse...

assim está melhor! parece-me mais eficaz a discussão, sendo que para mim é fundamental que para além do valor pessoal, deverá haver "obra meritória " publicada.

Reservando-me para posterior "post", os subtemas de cultura sugerem logo alguns nomes dos (felizmente),uns mais eruditos e outros mais populares, sendo que ambas as vertentes me merecem acolhimento:
Norberto Barroca, Guilherme Correia, Joaquim Correia,OLinda Colaço, Libano (como pintor),Carlos Reis, Vitor Ramos (os marinhenses adoptados tambem devem ter lugar)(embora não sendo apreciador Gama Diniz)...

Ah! e não faltará um tema dedicado ao vidro? Artesãos vidreiros quer maçariqueiros quer lapidadores, "mestres" vidreiros

As minha desculpas pela ligeiresa deste post. Em breve voltarei.

Ah! Eu sou o Robalo mas parece que só consigo bitaitar como anonimo

Anónimo disse...

assim está melhor! parece-me mais eficaz a discussão, sendo que para mim é fundamental que para além do valor pessoal, deverá haver "obra meritória " publicada.

Reservando-me para posterior "post", os subtemas de cultura sugerem logo alguns nomes dos (felizmente ainda vivos),uns mais eruditos e outros mais populares, sendo que ambas as vertentes me merecem acolhimento:
Norberto Barroca, Guilherme Correia, Joaquim Correia,OLinda Colaço, Libano (como pintor),Carlos Reis, Vitor Ramos (os marinhenses adoptados tambem devem ter lugar)(embora não sendo apreciador Gama Diniz)...

Ah! e não faltará um tema dedicado ao vidro? Artesãos vidreiros quer maçariqueiros quer lapidadores, "mestres" vidreiros

As minha desculpas pela ligeiresa deste post. Em breve voltarei.

Ah! Eu sou o Robalo mas parece que a minha identificação já não funciona. Assim, vou bitaitar como anonimo coisa de que não gosto.

Cura Araújo disse...

Os meus votos vão para:
1º Norberto Barroca
2º Joaquim Correia

Anónimo disse...

Joaquim Correia - pela grandeza da sua obra e pelo magnífico espólio que (em boa hora!) passou a poder ser admirado na sua terra, e que quase esteve para ir parar a Leiria.

Registo com agrado esta iniciativa do FLC após o "apagão", mas com desagrado a pouca adesão que está a merecer. Nesta terra valorizam-se muito pouco as suas próprias virtudes e os seus filhos maiores, onde se inclui muita gente anónima.
Parabéns FLC.

António

Anónimo disse...

Atão? está tudo a dormir?
Ninguem propõe o Fernado Luz para Teatro?

Eu... disse...

Por esta ordem (contemporâneos, que os outros não os conheço bem... infelizmente!):
Joaquim Correia
Norberto Barroca
Guilherme Correia
José Martins Saraiva
... ... ... ...

Anónimo disse...

O FLC está moribundo. Que se passa, afinal?